Abílio alfineta Emanuel, e diz que “se não roubar” dá para tirar a saúde de Cuiabá da UTI

Abílio alfineta Emanuel, e diz que “se não roubar” dá para tirar a saúde de Cuiabá da UTI

Conteúdo/ODOC – “Se não roubar dá para fazer…se não roubar dá para fazer muito mais”, disparou o deputado federal Abílio Júnior (PL), pré-candidato do partido a prefeito de Cuiabá durante em entrevista na TV Vila Real, questionado sobre a receita para tirar a saúde pública da Capital da UTI. “É muito dinheiro por ano e olha a situação em que nós estamos”, disse.

“O orçamento da saúde pública de Cuiabá hoje é de 1,5 bilhões e olha a situação que nós estamos. Segundo o federal, “não existe fórmula mágica e nem a necessidade de uma fórmula mágica, o que precisa é planejamento, é gestão, é gente competente e resultado para o povo”, argumentou.

Sobre a atuação no Congresso em cima de questões ideológicas e tom provocativo, Abílio Júnior foi direto: “o que eu vejo é que os corruptos me odeiam muito e os militantes dos corruptos me odeiam ainda mais”.

Conforme Abílio Júnior, “toda nossa briga tanto lá na Câmara federal quanto aqui em Cuiabá sempre foi por conta dessa classe velha da política que tá aí dominando a prefeitura, domina a Assembleia Legislativa, domina o governo do Estado. Essa velha classe política loteia os cargos e colocam os militantes e não pessoas qualificadas”, afirmou.

“Colocam pessoas que ficam na internet atacando a reputação da gente. Então a partir do momento que a gente entra no processo mostrando a verdade das coisas, com um ‘celularzinho’ só, mas mostrando a realidade das coisas, acaba criando essa rejeição…é natural isso”, observou.

Matheus

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *