Abílio apoia filho de Bolsonaro ao Senado por MT e considera candidatura um “alívio para a direita”

Abílio apoia filho de Bolsonaro ao Senado por MT e considera candidatura um “alívio para a direita”

Para o deputado, entrada de Carlos Bolsonaro não prejudica José Medeiros, já que serão duas vagas em disputa

Conteúdo/ODOC – O deputado federal Abilio Brunini (PL) disse que apoiaria uma possível candidatura do vereador carioca Carlos Bolsonaro (PL) ao Senado por Mato Grosso em 2026. A declaração ocorre após a colunista Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo, divulgar que a família Bolsonaro estaria articulando para evitar uma divisão de votos no Rio de Janeiro, onde Flávio Bolsonaro busca a reeleição.

Abilio Brunini enfatizou em entrevista nesta quarta-feira (10), que a candidatura de Carlos Bolsonaro não prejudicaria os planos do deputado federal José Medeiros, que também pretende disputar uma das duas vagas ao Senado. “Apoio [Carlos Bolsonaro], apoio Medeiros também, nós temos duas vagas para senador”, afirmou Abilio.

Brunini ainda argumentou que a entrada de Carlos Bolsonaro na disputa por Mato Grosso não deve ser vista como uma tentativa de “roubar” a vaga de candidatos locais, mas sim como um “alívio” para a direita brasileira. “Vendo a qualidade da classe política de Mato Grosso, não é um tapa na cara, é um alívio”, concluiu.

O deputado federal Emanuelzinho (MDB), vice-líder do Governo Lula (PT) na Câmara dos Deputados, reconheceu que a legislação permite que Carlos Bolsonaro concorra ao Senado por Mato Grosso, mas expressou preocupação com a falta de conhecimento do vereador sobre as necessidades e a realidade do estado. “A legislação permite, não acho que seja razoável, porque ele não conhece o estado. Mas a legislação permite, então, a legislação autorizando e permitindo, não tenho como me opor”, disse Emanuelzinho.

Ele também ressaltou que, no fim, a decisão caberá aos eleitores mato-grossenses. “É delicado falar [em paraquedismo], porque quem tem que fazer o julgamento final é a população mato-grossense e espero que eles pensem diferente. Agora, se eles entenderem que é um nome adequado para representarem no Senado, é a maioria que vai dizer”, argumentou.

Caso a candidatura de Carlos Bolsonaro seja confirmada, ele poderá enfrentar adversários de peso, como o governador Mauro Mendes (União Brasil), a deputada estadual Janaina Riva (MDB), o senador Jayme Campos (União Brasil) e até mesmo José Medeiros, seu correligionário.

Matheus

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *