Acorizal e Distrito da Guia recebem atendimento nesta sexta (14)

O projeto Ouvidoria Itinerante visita o município de Acorizal e o Distrito de Nossa Senhora da Guia nesta sexta-feira (14), com objetivo de levantar as demandas que afetam coletivamente a população relacionadas à saúde, educação, cidadania, segurança, meio ambiente, crianças e adolescentes, idosos, consumidor, pessoas com deficiência, infraestrutura e combate à criminalidade. Os atendimentos ocorrem no Centro de Convivência para Idosos Laura Figueiredo, em Acorizal, das 8h às 11h, e na Praça Maria Ernesto Belo, no Distrito da Guia, das 13h às 17h.

As necessidades verificadas serão encaminhadas aos promotores de Justiça para adoção de providências, ou mesmo enviadas ao órgão responsável, com as devidas orientações. Além disso, o Ministério Público de Mato Grosso levará uma equipe do Departamento de Planejamento e Gestão (Deplan) para aplicar a pesquisa sobre o novo ciclo do Planejamento Estratégico Institucional (PEI) para o período de 2024 a 2031, que visa ouvir a opinião e as necessidades apontadas pela sociedade para aprimorar a atuação ministerial e estabelecer as prioridades para os próximos anos.

“A Ouvidoria-Geral do Ministério Público do Estado de Mato Grosso é mais um aliado da instituição na fase de construção do novo ciclo do Planejamento Estratégico Institucional (PEI) – 2024 a 2031. A participação da Ouvidoria é de suma importância para o êxito desse trabalho, pois é um canal de escuta permanente, sendo a porta de entrada das demandas da sociedade junto ao MPMT. Esse reforço na coleta de dados se dará por meio do projeto Ouvidoria Itinerante”, explica a ouvidora-geral do MPMT, procuradora de Justiça Eliana Cícero de Sá Maranhão Ayres Campos.

Sobre a pesquisa – Os cidadãos mato-grossenses têm até o dia 3 de maio para participar da pesquisa. O tempo estimado de resposta ao questionário é de seis minutos e o participante não será identificado. Na primeira parte da pesquisa, as perguntas são referentes ao perfil do respondente. Na segunda, tratam da atuação finalística do MPMT dividida em cinco áreas: 1) Cidadania e Consumidor; 2) Criança e Adolescente; 3) Meio Ambiente; 4) Probidade e Patrimônio Público; 5) Criminal. Na última etapa, de fechamento, o respondente poderá opinar sobre os temas abordados e sugerir novo tema/assunto para apreciação. A pesquisa é online e está disponível 

Fonte: Folha de Colider

Matheus