Autoridades políticas lamentam morte da deputada federal Amália Barros

Autoridades políticas lamentam morte da deputada federal Amália Barros

A ex-primeira-dama Michelle Bolsonaro com Amália Barros

Conteúdo/ODOC – Autoridades políticas mato-grossenses e de outros estados lamentaram por meio das redes sociais a morte da deputada federal e vice-presidente do PL Mulher, Amália Barros, ocorrida na noite deste sábado (11), aos 39 anos, no Hospital Vila Nova Star, em São Paulo, onde estava internada desde o dia 1º de maio, para retirada de um nódulo no pâncreas.

O governador Mauro Mendes e a primeira-dama Virginia Mendes prestaram condolências à família e aos amigos da parlamentar.  “Foi com muita tristeza que recebemos a notícia do falecimento da deputada Amália Barros. Sua partida prematura deixa um vazio imensurável na política brasileira. Amália foi uma figura incansável na defesa dos direitos e no combate às injustiças. Seu compromisso e dedicação serão lembrados com respeito e admiração. Enviamos as nossas mais sinceras condolências à família e amigos nesse momento de luto”, lamentaram.

O filho do ex-presidente, senador Flávio Bolsonaro (PL-RJ) também lamentou a perda da parlamentar de Mato Grosso. “Recebi com muita tristeza a notícia da morte precoce da deputada federal @amaliabarros. Que Deus conforte familiares e amigos”, escreveu.

EX-ministra e atual senadora Damares Alves

A senadora Damares Alves (PL-DF), ex-ministra do governo de Jair Bolsonaro (PL), escreveu no Instagram: “Amália partiu! Que Deus a receba em seus braços”.

“Vou te amar para sempre, minha amiga. Você está nos braços de nosso pai”, escreveu. A ex-primeira-dama Michelle Bolsonaro.

O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) prestou solidariedade aos familiares de Barros. “Deus, em sua infinita bondade, a receba e conforte seus familiares e amigos’.

Já a vereadora por Cuiabá, MIchelly Alencar (União Brasil) tratou a deputada como amiga pessoal e também lamentou sua morte. “Mesmo sem entender os planos de Deus, aceitamos a vontade dele, pois é sempre perfeita. Que o consolo do Espírito Santo venha sobre o coração de todos nós, principalmente para os familiares. Lembrarei de você sempre com muito carinho e admiração. Desfrute do seu lugar do seu lugar de origem ao lado do pai, um dia nós encontraremos novamente”.

O secretário-chefe da Casa Civil, Fábio Garcia, também externou pesar pelo falecimento de Amália. “Foi com profundo pesar que recebi a triste a notícia do falecimento da deputada. Sua partida prematura é uma perda significativa para Mato Grosso. Sua representatividade em causas tão importantes serão lembradas com admiração e gratidão. Que a sua memória inspire futuras gerações a seguir seus passos e a lutar por seus ideiais que ela defendeu com tanto fervor. Minhas mais sinceras condolências à família e amigos. Que encontrem conforto na lembrança do legado deixado por ela”, expressou o secretário.

Amália com o esposo Thiago Boava e o governador de SP, Tarcísio de Freitas

“Minhas condolências à família da @amaliabarros, que se tornou um grande exemplo de superação de barreiras e de dedicação e amor ao próximo. Que Deus a acolha na sua infinita misericórdia e conforte seus familiares e amigos. Deixará muitas saudades!”, escreveu o governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas.

Amália Barros estava internada desde o dia 1º de maio para a retirada de um nódulo no pâncreas. A deputada também passou por um procedimento de drenagem de vias biliares. O objetivo era retirar o líquido biliar acumulado em excesso no fígado.

Horas antes da morte de Amália, a assessoria da parlamentar disse que ela iria passar por uma nova cirurgia neste sábado. desta vez para tratar de complicações no fígado. Os locais de velório e sepultamento ainda não foram divulgados.

Matheus

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *