Avallone critica polarização e diz que pré-candidatos não estão discutindo Cuiabá

Avallone critica polarização e diz que pré-candidatos não estão discutindo Cuiabá

Conteúdo/ODOC – Em entrevista na TV Vila Real, nesta quinta-feira (6), o deputado estadual e pré-candidato a prefeito de Cuiabá, Carlos Avallone (PSDB), presidente do partido no estado, garantiu que caso eleito em outubro próximo, a população cuiabana pode esperar “muita seriedade, honestidade e transparência”.

Avallone disse ainda que decidiu lançar uma proposta para Cuiabá por classificar que a disputa, da forma como está polarizada na Capital, está pobre.

“Posso garantir muita seriedade, honestidade, transparência…fazer um trabalho de gestão profunda na prefeitura e o modus operandi do PSDB é o de consertar a casa. Assim foi no Brasil, quando o presidente foi Fernando Henrique Cardoso, assim como foi com Dante de Oliveira em Mato Grosso”, recordou.

Sobre o fato de não aparecer nas pesquisas de intenção de voto divulgadas até agora, Avallone disse que “isso é provocado pela polarização. Nós temos no Brasil hoje uma polarização que eu vejo como muito ruim para o país. Uma polarização de ódio, de discussão entre a direita e a esquerda. E eu não estou em nenhum desses polos: nem esquerda e nem direita”, disse.

“Ocupo um espaço mais ao centro, que é a postura do PSDB. Nesse espaço ao centro nós temos a candidatura do Botelho que vem com o apoio do governador. Ou seja, você tem o apoio do governador para uma candidatura de centro, o apoio do presidente para uma candidatura de esquerda e o apoio do ex-presidente para uma candidatura de direita”, argumentou ainda.

“Por conta disso, a minha proposta foi apresentar um plano para Cuiabá. Fiz isso porque a discussão está pobre, A discussão dos três candidatos está em torno de quem está com a direita e quem está com a esquerda, de saber quem é o vice, quem é o coordenador, mas não está se discutindo os problemas de Cuiabá”, afirmou Avallone,

Matheus

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *