CAMPANHA DE MULTIVACINAÇÃO ATUALIZA CADERNETA E ATENDE CRIANÇAS, JOVENS E ADULTOS

A secretaria municipal de Saúde de Várzea Grande, iniciou a vacinação de crianças, adolescentes e adultos além da atualização da carteira vacinal. Apesar do foco da ação nacional ser a atualização da caderneta de vacinação de crianças e adolescentes menores de 15 anos de idade, o município estendeu para adultos e idosos, aproveitando a mobilização e adicionando as vacinas da Covid – Bivalente e gripe. A Vacinação inicia hoje (11), em todas as Unidades Básicas de Saúde e vai até o dia 23 de setembro. 

No próximo sábado (16), será o dia ‘D’ de mobilização e contará com a inauguração da reforma, ampliação e requalificação da unidade Estratégia Saúde da Família (ESF), Binoca Maria da Costa, no bairro da Manga, grande Cristo Rei.

“Várzea Grande sempre primou pelo zelo e cuidado com a saúde de sua gente, tanto que em meio a pandemia da COVID 19, nosso desempenho foi considerado acima da média nacional e queremos avançar ainda mais e com a decisão do Ministério da Saúde em reforçar a necessidade de imunização para as pessoas pudessem estar protegidas, nós também vamos nos desdobrar para atingir metas”, frisou o prefeito Kalil Baracat sinalizando que saúde pública preventiva evita gastos desnecessários e assegura que as pessoas tenham saúde.

Segundo o secretário municipal de Saúde de Várzea Grande, Gonçalo de Barros, para crianças e menores de 15 anos de idade serão disponibilizados 17 tipos de vacinas dentro da Campanha de Multivacinação do Ministério da Saúde, e para os adultos, o que for necessário na atualização das vacinas, como exemplo a Covid-bivalente e a gripe serão 19 vacinas.

Para se vacinar é só ir a qualquer Unidade Básica de Saúde de Várzea Grande, localizadas nos bairros e no Centro da cidade, levar a caderneta vacinal, que as equipes vão orientar quais as vacinas necessárias, e já deixar tudo planejado para as próximas dadas a vacinar, anotado na carteirinha de cada um.

“O objetivo do Ministério da Saúde, é promover uma grande mobilização nacional, para que as pessoas fiquem protegidas de doenças preveníveis por vacinas. Com a caderneta de vacinação em dia, a gente consegue proteger nossas crianças e adolescentes de várias doenças eliminadas ou controladas em um passado recente, mas que sinalizam voltar, por isso a vacinação é fundamental. E os adultos que levarão as crianças, adolescentes nos postos também poderão verificar sua situação vacinal. Estendemos outras vacinas, para dar oportunidade a nossa população de se vacinar. Pedimos a todos que procurem uma Unidade Básica de Saúde, neste período de mobilização, entre hoje até o dia 23 de setembro, e não se esqueçam de levar a caderneta de vacinação. São diversas vacinas disponíveis para proteger seus filhos e sua família de doenças como poliomielite, sarampo, rubéola, caxumba, entre outras. E no sábado (16), teremos a vacinação das 8h às 17h, com todas as Unidades Básicas abertas”, reiterou Gonçalo de Barros.

DIA ‘D’ em Várzea Grande

O Dia “D” de Vacinação e de mobilização, será no Sábado dia 16, como parte de uma estratégia para Várzea Grande, alcançar a meta de público a ser vacinado. A Vacinação inicia às 8h e vai até as 17h, diferente do dia a dia, onde os profissionais param para o almoço, no dia “D” será sem intervalo para o almoço e ocorrerá em todas as Unidades Básicas de Saúde.

O ato de abertura da mobilização do dia “D”, no sábado (16), acontece durante a entrega da reforma, ampliação e requalificação da Unidade de Estratégia de Saúde da Família (ESF), Binoca Maria da Costa, no bairro da Manga, região do Grande Cristo Rei.

A Unidade funcionará no novo modelo de Estratégia Saúde da Família, com os novos critérios de atendimentos, ampliação de serviços e ainda com mais equipes de Saúde da Família.

“Neste dia, pais, avós, tios e tias, poderão se vacinar junto com as crianças e adolescentes, em qualquer unidade básica de saúde. Quem não possui a carteira vacinal, será orientado pelas equipes, e poderão tomar vacinas conforme o diálogo e necessidades de cada um. Então faço o convite para a população várzea-grandense que nesta semana, busquem se vacinar. Todas as nossas unidades estão aptas e prontas para recebê-los. Não deu tempo na semana. Vá ao postinho próximo de sua casa, que no sábado, dia 16, estará aberto te esperando. Vamos também aderir a esta grande mobilização nacional. Vacine-se. Faça a sua parte, que nós da Saúde Pública de Várzea Grande estamos esperando por vocês”, disse o secretário Gonçalo de Barros.

Confira a lista completa de vacinas disponíveis para crianças e adolescentes menores de 15 anos

– BCG

– Hepatite A

– Hepatite B

– Penta (DTP/Hib/Hep. B)

– Pneumocócica 10-valente

– Vacina Inativada Poliomielite (VIP)

– Vacina Oral Poliomielite (VOP)

– Vacina Rotavírus Humano (VRH)

– Meningocócica C (conjugada)

– Febre amarela

– Tríplice viral

– DTP (tríplice bacteriana)

– Varicela

– HPV quadrivalente

– dT (dupla adulto)

– dTpa (DTP adulto)

– Meningocócica ACWY

Como já citado anteriormente, fora essas 17 vacinas da Campanha de Multivacinação do Ministério da Saúde, Várzea Grande aproveitou e adotou outras duas vacinas de campanha que são: a Influenza e COVID-19.

A campanha é nacional e de multivacinação. A mobilização nacional do Governo Federal, como ainda explica Gonçalo de Barros, é pela retomada das altas coberturas vacinais do Brasil. A campanha reforça a segurança dos imunizantes e a importância de manter a carteirinha de vacinação atualizada.

“A iniciativa é mais uma estratégia do Ministério da Saúde para aumentar os índices de vacinação de crianças e adolescentes menores de 15 anos em uma mobilização nacional que une entidades civis, científicas, influenciadores, artistas e instituições ligadas ao tema. A vacinação é o principal caminho para manter o Brasil livre do risco do retorno de doenças já eliminadas, como a poliomielite. Durante e após a pandemia da Covid-19, registrou-se quedas das coberturas vacinais nos últimos anos, nós temos, infelizmente, o risco de reintrodução de doenças que estavam eliminadas no Brasil. Por isso, precisamos proteger as nossas crianças e os nossos adolescentes. Temos uma responsabilidade fundamental, algo definido no estatuto da criança e do adolescente como um direito. O direito à vacina é o direito à proteção, é o direito à vida que não pode ser negado, e ao adulto e idoso, também vamos reforçar as vacinas necessária a saúde de todos”, disse secretário Gonçalo de Barros.

Matheus

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *