CBF diz que seguiu protocolo ao iniciar Grêmio x Bahia sob chuva: “Decisão correta”

A CBF publicou nota nesta quinta-feira sobre a realização da partida entre Grêmio e Bahia sob forte chuva, na quarta, em Porto Alegre. Com poças no gramado da Arena do Grêmio, o árbitro do jogo, Wilton Pereira Sampaio, aguardou que o gramado ficasse em melhores condições e iniciou o confronto com uma hora de atraso. A entidade considerou correto o procedimento realizado.

Na terça, o prefeito de Porto Alegre, Sebastião Melo, chegou a pedir o adiamento do jogo, por causa de um alerta de ciclone que estava previsto para atingir o Rio Grande do Sul. No horário marcado para a partida, às 19h de quarta, o gramado não tinha condições.

O árbitro fez algumas vistorias no campo até autorizar o início da partida, às 20h. No segundo tempo, a chuva melhorou, e o Grêmio avançou às semifinais da Copa do Brasil ao vencer o Bahia nos pênaltis por 4 a 3, após empate por 1 a 1 no tempo normal.

Segundo a CBF, a postura do árbitro e dos seus auxiliares foi correta, tanto ao adiar o início da partida quanto ao ordenar que a bola rolasse às 20h.

Gramado da Arena estava encharcado antes do jogo — Foto: EC Bahia / Divulgação

Gramado da Arena estava encharcado antes do jogo — Foto: EC Bahia / Divulgação

Confira a nota da CBF:

“Nesta quarta-feira (12/07), no pré-jogo entre Grêmio x Bahia, na Arena do Grêmio, o sportv, canal responsável pela transmissão da partida, fez duras críticas quanto à indefinição da realização do jogo, válido pelas quartas de final da Copa Betano do Brasil, em razão de previsões de instabilidade do tempo em Porto Alegre. A Diretoria de Competições (DCO), da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), ressalta que não há precedentes de cancelamento de jogos em função de previsões meteorológicas.

A Diretoria de Competições da CBF (DCO) seguiu o protocolo corretamente e teve a cautela e a tranquilidade para acompanhar de perto, por meio de seus profissionais que estavam no local, com o apoio da Federação Gaúcha de Futebol, e do comando do DCO da CBF, a evolução das questões climáticas em Porto Alegre ao longo do dia. É necessário ressaltar que o cancelamento de uma partida de futebol, como a que ocorreu nesta quarta-feira, e que se tratava de uma partida eliminatória da Copa do Brasil, envolve múltiplos atores, que vão da empresa detentora dos direitos da competição e sua grade de programação, passando pela logística dos clubes, segurança pública, segurança interna, além de todos os demais profissionais envolvidos na realização de uma partida de futebol e, principalmente, os torcedores.

A CBF, portanto, tomou a decisão correta, respaldada pelo que determina o regulamento da competição e as orientações da FIFA, em relação ao episódio em questão. Com isso, a partida transcorreu dentro de um ambiente de normalidade, como sempre se vê em jogos do Campeonato Brasileiro, em situações de chuva ao longo do ano.

Comentaristas da emissora também criticaram o árbitro Wilton Pereira Sampaio que, indagado pela reportagem durante e após as inspeções feitas no gramado, não se pronunciou.

A Comissão de Arbitragem da CBF informa que o árbitro agiu corretamente e ressalta que, por respeito ao profissional de imprensa no campo, informou que quem daria as informações seria o delegado de imprensa da partida. Fato esse que aconteceu de imediato, mais uma vez cumprindo corretamente o regulamento de competições e as diretrizes da FIFA.

CONSIDERAÇÕES A RESPEITO DA PARTIDA ATHLETICO PARANAENSE x FLAMENGO

Dando sequência à constante busca por transparência, lisura e sempre com o objetivo de levar informações claras do que determinam as regras estabelecidas pela FIFA, segue vídeo do lance envolvendo o Clube de Regatas do Flamengo na marcação do impedimento do jogador Gabriel Barbosa (Gabigol), em partida realizada ontem (12/07), em Curitiba.

É importante ressaltar também que, em relação a questionamentos quanto à qualidade das câmeras, as que são utilizadas pelo VAR são as mesmas câmeras da transmissão da partida, fornecidas na oportunidade pelo canal sportv, detentora dos direitos do campeonato.”

Fonte: gê

Matheus

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *