Com presença de Michelle Bolsonaro, Arthur Lira e políticos de MT, Amália Barros é sepultada em SP

Com presença de Michelle Bolsonaro, Arthur Lira e políticos de MT, Amália Barros é sepultada em SP

A deputada federal Amália Barros (PL), que morreu aos 39 anos por conta de um nódulo no pâncreas, foi sepultada na manhã desta segunda-feira (13) em Mogi Mirim (SP), cidade natal dela. Ela estava internada em São Paulo desde o dia 1º de maio. O velório aconteceu entre domingo (12) e segunda, na Estação Educação, em Mogi Mirim, e o sepultamento foi no Cemitério da Saudade,

O sepultamento teve a presença de familiares, amigos e políticos, como a esposa do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), Michelle Bolsonaro, e o presidente da Câmara Federal, Arthur Lira (PP), além de colegas da bancada do estado, como os deputados estaduais Diego Guimarães (Republicanos) e Janaina Riva (MDB), e a colega de bancada na Câmara Federal, Gisela Simona (União Brasil).

O senador Wellington Fagundes (PL), a deputada federal Coronel Fernanda (PL) e o secretário chefe da Casa Civil do estado, Fábio Garcia, também foram despedir da parlamentar.

Amália Scudeler de Barros Santos nasceu em 22 de março de 1985, na cidade paulista de Mogi Mirim. Formada em jornalismo, aos 20 anos, Amália perdeu a visão do olho esquerdo por conta de uma infecção, a toxoplasmose. Foi eleita deputada federal por Mato Grosso, em 2022, com mais de 70 mil votos.

Matheus

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *