Corinthians leva 2 a 0 do Remo em Belém e se complica na Copa do Brasil.

O Corinthians sofreu diante de um Remo elétrico em Belém, perdeu para o time paraense por 2 a 0 no Mangueirão e se complicou na 3ª fase da Copa do Brasil. Com o resultado, a equipe de Fernando Lázaro precisa vencer por pelo menos dois gols no duelo de volta para levar o jogo para os pênaltis. As equipes voltam a atuar no dia 26 de abril, desta vez na Neo Química Arena — não há desempate por gol fora.

Mesmo tentando controlar o ritmo no início da partida, o Corinthians bobeou e foi castigado com um gol marcado por Richard Franco após contra-ataque gerado por erro de Maycon. Com a desvantagem, a equipe paulista não conseguiu criar boas chances até o intervalo. Para a 2ª etapa, Lázaro mexeu três vezes, mas viu Muriqui ampliar, enlouquecer um lotado Mangueirão e esfriar qualquer reação.

Ainda deu tempo de Barletta estrear na equipe paulista, mas o meia-atacante teve pouco tempo para criar lances de perigo ao lado de Róger Guedes e Yuri Alberto. O jovem Pedro foi outra novidade corintiana e atuou como titular, mas acabou sacado no intervalo por Lázaro.

Antes do jogo… Torcedores do Corinthians foram vítimas de uma emboscada nas ruas de Belém. Dois deles foram atingidos nas costas por rojões e estão hospitalizados. Gols e destaques Corinthians ataca, mas erra e sofre o 1 a 0. Os visitantes iniciaram a partida imprimindo um forte ritmo sobre o adversário, mas bobearam e foram vazados aos 12 minutos. Em contra-ataque gerado após erro de Maycon, Muriqui recebeu pelo meio e acionou Pablo Roberto, que bateu rasteiro de primeira — Cássio espalmou e viu Richard Franco, no rebote, empurrar para o gol: 1 a 0.

Gol nocauteia paulistas. A derrota parcial desencadeou uma série de erros por parte da equipe de Fernando Lázaro, que não conseguiu incomodar o goleiro Vinícius. Do outro lado, o Remo, apoiado por uma massa de torcedores, voltou a assustar aos 30 minutos, quando Pablo Roberto chutou forte e obrigou Cássio a espalmar para evitar o segundo. Logo depois, Richard Franco cabeceou e acertou a trave. Aparição curta. O jovem Pedro, de 17 anos, atuou como titular do Corinthians pela 1ª vez e foi um dos poucos que conseguiu produzir jogadas ofensivas na etapa inicial. Ele foi sacado no intervalo por Róger Guedes — Fagner e Fausto Vera também acabaram acionados por Lázaro e substituíram Adson e Maycon..

Remo explode o Mangueirão com o 2 a 0. As mudanças corintianas até geraram uma tímida melhora, mas não surtiram efeito prático, já que os mandantes ampliaram aos 15 minutos. Muriqui recebeu pela esquerda, limpou a marcação e tocou para Lucas Mendes. O lateral cruzou na medida para o companheiro que, livre, empurrou para as redes e fez a festa da torcida: 2 a 0. Estreia de Barletta. O ex-jogador do São Bernardo entrou em campo na metade da etapa final para abastecer Guedes e Yuri Alberto, Atuando pela direita, ele foi neutralizado e pouco conseguiu produzir até o apito final.

FICHA TÉCNICA.

REMO 2×0 CORINTHIANS – jogo de ida da 3ª fase da Copa do Brasil Data e horário: 12 de abril de 2023, às 21h30 (de Brasília) Local: Mangueirão, em Belém (PA) Árbitro: Ramon Abatti Abel (SC) Assistentes: Kleber Lucio Gil (SC) e Eder Alexandre (SC) VAR: Rodrigo Carvalhaes de Miranda (RJ) Cartões amarelos: Carlos Miguel, Fagner e Fábio Santos (COR) Cartões vermelhos: não houve Gols: Richard Franco (REM), aos 12 min do 1° tempo; Muriqui (REM), aos 15 min do 2° tempo.

REMO: Vinícius; Lucas Mendes, Ícaro, Diego Guerra e Leonan; Richard Franco (Diego Ivo), Anderson Uchôa, Galdezani (Diego Tavares) e Pablo Roberto (Paulinho Curuá); Pedro Vitor (Fabinho) e Muriqui (Lucas Marques). Técnico: Marcelo Cabo CORINTHIANS: Cássio; Du Queiroz, Bruno Méndez, Gil e Fábio Santos; Maycon (Fausto Vera), Paulinho (Matheus Araújo), Giuliano (Barletta) e Adson (Fagner); Pedro (Róger Guedes) e Yuri Alberto. Técnico: Fernando Lázaro.

Fonte: uol

Matheus