Cuiabá decreta luto oficial em razão da morte da deputada federal Amália Barros

Cuiabá decreta luto oficial em razão da morte da deputada federal Amália Barros

O prefeito Emanuel Pinheiro decreta luto oficial de três dias no município de Cuiabá, em virtude do falecimento da deputada federal Amália Barros, ocorrido na madrugada deste domingo (12) em São Paulo. A ação leva em consideração o profundo sentimento de pesar do povo cuiabano com essa triste perda da deputada conhecida pela luta em prol dos direitos das mulheres e das pessoas com deficiência (PCDs).

Amália Scudeler de Barros Santos nasceu em 22 de março de 1985, na cidade paulista de Mogi Mirim. Formada em jornalismo, aos 20 anos, Amália perdeu a visão do olho esquerdo por conta de uma infecção, a toxoplasmose.

Em 2021, lançou o livro “Se Enxerga!: Transforme desafios em grandes oportunidades para você e outras pessoas” e fundou o Instituto Nacional da Pessoa com Visão Monocular.

Além disso, ela se dedicou à aprovação da Lei 14.126/2021, que classificou a visão monocular como deficiência sensorial e deu às pessoas com visão monocular os mesmos direitos e benefícios previstos para pessoas com deficiência.

Filiada ao Partido Liberal (PL), a jornalista foi eleita deputada federal por Mato Grosso, em 2022. Na Câmara, ela passou a integrar as comissões de Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência, dos Direitos da Mulher e da Educação.

A deputada Amália Barros faleceu por complicações em decorrência de cirurgia para retirada de nódulos no pâncreas. O sepultamento da deputada será realizado na cidade de Mogi Mirim, em São Paulo.

Matheus

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *