Deputado espera que após escândalo, Governo desista da importação de arroz

Deputado espera que após escândalo, Governo desista da importação de arroz

Conteúdo/ODOC – O deputado estadual Júlio Campos (União), questionado pela imprensa sobre o escândalo do leilão do Governo Federal para importação de arroz, que foi cancelado e culminou na exoneração do secretário de Política Agrícola do MAPA, o mato-grossense Neri Geller, disse que o episódio deve servir para demover o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) dessa ideia.

“Os próprios produtores gaúchos já haviam dito e afirmado de que o estoque de arroz armazenado no Rio Grande do Sul é suficiente para abastecer o mercado interno brasileiro”, disse Campos.

Segundo o deputado, “talvez por uma jogada política e até demagógica ou por interesses econômicos escusos, o governo Lula resolveu mandar importar arroz de qualidade até não tão palatável para o gosto do brasileiro e por isso foi feita uma concorrência precipitada, sem necessidade e aí ocorreu o que ocorreu”, observou.

“Eu espero que agora o governo reflita e pare com essa história de querer importar arroz com produtos que nós não conhecemos de onde que vem”, disparou Júlio Campos.

O Governo Federal decidiu cancelar o pregão para a importação de arroz que seria para abastecer o mercado nacional por conta de irregularidades no certame. No caso em tela, um ex-assessor do ex-secretário de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Neri Geller, teve três empresas como vencedoras do certame. Além disso, o ex-assessor é sócio do filho de Geller, Marcelo Geller.

Matheus

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *