Eleições para conselheiros tutelares, ocorreram de forma tranquila em Juína; veja os eleitos

Foi realizada neste domingo em todo estado, as eleições para conselheiros tutelares, que irão compor o quadro de profissionais que durante os próximos quatro anos, irão trabalhar em defesa dos direitos da criança e do adolescente. A remuneração para o cargo é de R$ 3.300.00 com jornada semanal de 40 horas.

Na cidade de Juína – MT, a eleição que foi coordenada pelo Conselho Municipal da Criança e do Adolescente (CMDCA) ocorreu das 08 às 16h, em quatro escolas estaduais do perímetro urbano, onde poucas pessoas compareceram devido ao fato do voto ser facultativo e não obrigatório.

Todo o pleito foi acompanhado pelo Ministério Público Estadual, representado pela promotora de justiça civil, Ana Paula Parente que visitou os locais de votação em Juína e Castanheira. Após a votação representantes do MP e do CMDCA, fiscais, alguns candidatos e outras pessoas, estiveram acompanhando a apuração dos votos que ocorreu na sede do Centro de Convivência para Idosos Vó Paixão (com transmissão ao vivo pelo Juína News), e após a contagem dos votos o presidente do conselho municipal do direito da criança e do adolescente, Leandro Honório, anunciou de forma oficial os eleitos e suplentes.

Ele pontuou que a eleição aconteceu de forma ordeira e pacífica, e aproveitou o momento para parabenizar a todos os candidatos que atingiram seus objetivos.

A promotora de Justiça Civil Ana Paula Parente, disse que o pleito de eleições para conselheiros tutelares ocorre a cada 04 anos, onde os 05 candidatos mais votados assumem as vagas disponíveis, ficando 06 candidatos para suplência, e confirmou que o ministério público participou do todo o pleito eleitoral, acompanhando todos os trabalhos.

Irineu Locatelli, o candidato que recebeu mais votos conversou com o Juína News e agradeceu os votos, e disse que trabalhou bastante na campanha onde além de pedir votos, esclareceu aos eleitores qual a verdadeira função do conselho tutelar.

Fonte: Juína News

Matheus

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *