Ex-presidente do TJ e ex-secretário de Justiça, desembargador Paulo Lessa morre aos 74 anos

Ex-presidente do TJ e ex-secretário de Justiça, desembargador Paulo Lessa morre aos 74 anos

Desembargador aposentado morreu na manhã desta quarta-feira em um hospital de Cuiabá

Morreu na manhã desta quarta-feira (19), aos 74 anos, em um hospital de Cuiabá, devido a um infarto, o desembargador aposentado do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), Paulo Lessa.

Ele nasceu na cidade de São Paulo e bacharelou-se pela Faculdade de Direito Braz Cubas, em Mogi das Cruzes. Em 1979, por concurso público, assumiu como juiz de Direito do Estado de Mato Grosso.

Passou pelas comarcas de Alto Garças, Rondonópolis e Cuiabá. Em 1992, por critério de merecimento, tomou posse como desembargador, chegando a atuar como corregedor-geral e presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso. Sua gestão foi marcada por importantes avanços no Judiciário, como a implantação das varas de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher.

Entre 2011 e 2013, Paulo Lessa também atuou como secretário de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh). “Recebemos com muita tristeza essa notícia. Foi um grande homem que contribuiu muito com o crescimento do Poder Judiciário. Que a família sinta-se abraçada e acolhida neste momento tão difícil e que Deus console os corações de todos”, afirmou a presidente do TJMT, desembargadora Clarice Claudino da Silva.

“Com pesar, recebi há pouco a notícia do falecimento do desembargador Paulo Lessa, que contribuiu não apenas com o Poder Judiciário, mas também com o Executivo, na Secretaria de Justiça e Direitos Humanos. Eu e minha esposa, Virginia, pedimos que Deus dê forças e conforto aos corações enlutados”, manifestou o governador Mauro Mendes.

O velório será realizado na Capela Jardins, Sala Orquídeas, a partir das 19h30. O desembargador deixa a esposa, Mayara Lessa, dois filhos e dois netos.

Matheus

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *