Férias e escolha da Mesa Diretora da AL devem ser antecipadas devido eleições

Férias e escolha da Mesa Diretora da AL devem ser antecipadas devido eleições

Inicialmente programada para setembro, a eleição foi antecipada devido ao calendário das eleições municipais, que começa em agosto

Conteúdo/ODOC – Os deputados estaduais de Mato Grosso devem eleger, na primeira semana de agosto, a nova Mesa Diretora da Assembleia Legislativa. A chapa única será liderada por Max Russi (PSB), e deve ter Janaína Riva (MDB) como primeira-secretária e Júlio Campos (União Brasil) como vice-presidente.

Inicialmente programada para setembro, a eleição foi antecipada devido ao calendário das eleições municipais, que começa em agosto. A maioria dos deputados estará envolvida nas campanhas eleitorais e ficará longe da Assembleia até o fim da campanha.

A dúvida que ainda paira é quanto a primeira-secretaria, que tem sido alvo de disputa entre Riva e o colega parlamentar Beto Dois a Um (PSB). Janaina tem buscado apoio dos colegas para conquistar a primeira-secretaria desde a última eleição para a Mesa Diretora. Entretanto, Beto Dois a Um surge como um novo nome, com a preferência do Palácio Paiaguás.

Júlio Campos também é um nome forte na chapa de Russi, devido ao seu histórico político. Gilberto Cattani (PL) tenta a vaga de vice-presidente, mas sua candidatura não teve sucesso em 2021, quando a atual Mesa Diretora foi eleita.

Dos 24 deputados, 14 são do interior e participarão diretamente da eleição. Já os 10 deputados da Baixada Cuiabana, apesar de estarem mais próximos, não formariam quórum suficiente para a votação. As pautas importantes para o Governo deverão ser votadas em julho, e os deputados entrarão em “recesso branco” nos próximos dois meses.

As férias do meio do ano também serão antecipadas, encerrando o primeiro semestre na próxima semana, conforme o calendário eleitoral.

A nova data da eleição será inserida na Proposta de Emenda à Constituição (PEC), que cria quatro novos cargos na Mesa Diretora: duas vice-presidências e duas secretarias. A eleição ocorrerá entre 4 e 10 de agosto, conforme acordado em um almoço entre os deputados na última quarta-feira (3).

A PEC visa garantir uma eleição tranquila para Max Russi à presidência. Os novos cargos permitirão acomodar deputados que desejam integrar a Mesa, mas atualmente não têm espaço.

A primeira-secretaria é responsável pela administração do orçamento do Poder Legislativo, que tem um duodécimo projetado para este ano em R$ 807 milhões. Nos próximos anos, o valor encaminhado pelo Executivo pode ser ainda maior.

Matheus

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *