Irmão e outros familiares da primeira-dama de Cuiabá estão entre os alvos de operação da PF na Saúde; lista

Irmão e outros familiares da primeira-dama de Cuiabá estão entre os alvos de operação da PF na Saúde; lista

Familiares de Márcia Pinheiro teriam sido beneficiados com contratos de empresa com o Município

Conteúdo/ODOC – Familiares da primeira-dama de Cuiabá, Márcia Pinheiro (PV), estão entre os alvos da Operação Miasma, deflagrada na manhã desta terça-feira (28) pela Polícia Federal, por suspeitas de crimes de fraude à licitação e peculato na Secretaria Municipal de Saúde.

São eles: Antonio Ernani Rezende Kuhn (irmão da primeira-dama) e o filho dele, Ernani Rezende Kuhn (sobrinho de Márcia), Camila Nunes Guimarães Kuhn (esposa de Ernani Kuhn) e Claudiney Martins Rezende Kuhn.

Eles foram alvos de mandado de busca e apreensão, mas Antonio chegou a ser preso em flagrante por posse ilegal de arma de fogo. A PF arbitrou uma fiança de R$ 30 mil para ele ser liberado.

No total, foram cumpridos 32 mandados de busca e apreensão em cidades de Mato Grosso, Amazonas, Tocantins e Distrito Federal. São 14 pessoas físicas, cinco empresas de transportes e a Gerência Administrativa de Transporte, da Secretaria Municipal da Saúde.

A investigação contra os familiares de Márcia tem relação com dois contratos totalizando R$ 1,7 milhão firmados pela Secretaria de Saúde com a SMT Transportes e Veículos Especiais para fornecimento de ambulâncias e vans.

Apesar do contrato prever R$ 1,6 milhão, a Prefeitura fez pagamentos que totalizaram R$ 3,095 milhões à empresa, segundo a PF.

As diligências investigativas evidenciaram que os veículos empregados na execução dos serviços não pertenciam à empresa contratada, que não possuía capacidade técnica para atender à contratação.

Dentre os veículos empregados na execução contratual, constatou-se a utilização de automóvel registrado em nome do genitor de um dos servidores públicos responsáveis pela fiscalização contratual.

A operação ainda apura a contratação de empresa para o fornecimento de software de gestão documental, por valor aproximado de R$ 14 milhões.

Veja lista dos alvos:

Alan Borges e Silva

Antonio Ernani Kuhn; irmão de Márcia Pinheiro

Ernani Rezende Kuhn; sobrinho de Márcia Pinheiro

Camila Nunes Guimarães Kuhn; esposa de Ernani Kuhn

Claudiney Martins Rezende Kuhn

Dalila Roque Ribeiro Romanini; ex-servidora da Saúde

João Paulo Nunes Ferreira da Silva; ex-funcionário do irmão da Márcia Kuhn

José Adriano Mendes

José Augusto Catafesta

Maria Zelia Gonçalves

Matheus Felipe Vieira Teixeira Macedo

Reynaldo Alceu

Ricardo Henrique Santi

Eduardo da Silva Alves

Empresas

Azul Transporte Rodoviário LTDA

Erk Serviços e Locações LTDA

Gran Expresso Transporte e Turismo Eirelli

Locadora de Veículos Zapp LTDA

SMT Transporte e Veiculos Especiais LTDA

Secretaria Municipal de Saúde – Gerência Administrativa de Transporte

Matheus

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *