Jantar esta noite entre deputados busca entendimento para Mesa Diretora; relação AL-Governo está ameaçada

Jantar esta noite entre deputados busca entendimento para Mesa Diretora; relação AL-Governo está ameaçada

Max Russi tem consenso para substituir Eduardo Botelho na presidência da AL. O impasse surge com outros postulantes à primeira-secretaria, além de Janaina Riva

Conteúdo/ODOC – Um jantar organizado pela deputada Janaína Riva (MDB), na casa do deputado Diego Guimarães (Republicanos), reunirá pelo menos uma dezena de parlamentares estaduais afim de discutir e propor um entendimento a respeito da disputa por cargos na nova Mesa Diretora da Assembleia Legislativa de Mato Grosso – a informação foi confirmada por uma fonte ao portal O Documento.

A pressão surge sobre o deputado Max Russi (PSB), que teria o consenso da maioria para substituir Eduardo Botelho (União Brasil) no comando do Legislativo mato-grossense.

Pleiteiam a 1° secretaria a própria Janaína, Dilmar Dal Bosco, Sebastião Rezende e, mais recentemente, o deputado Beto Dois a Um entrou na “briga”. A vice-presidência também é “visada” por Júlio Campos (União) e Gilberto Cattani (PL).

Conforme apurado, o “racha” que tem se formado na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) entre deputados considerados “novatos” e o grupo que detém a atual Mesa Diretora, sob o pré-acordo de se alternarem no poder, pode colocar em cheque a relação do Legislativo Estadual e o Governo do Estado.

Como moeda de ameaça, é especulado a abertura de CPI’s no parlamento a fim de colocar pressão para que o entendimento dos cargos ocorra o mais breve possível – expondo assim visão de que o governador Mauro Mendes (União) pode ter sua articulação e boa gestão estremecida.

São cogitadas abertura e ou andamento da CPI da Saúde, que apura irregularidades em contratos estaduais do Governo do Estado; uma possível CPI da Mineração, que apura irregularidades do setor e ligações com pessoas influente do estado, dentre outras, como a CPI das Invasões e CPI da Telefonia.

Matheus

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *