Jayme classifica PL do Aborto como “escárnio” e não vê possibilidade de aprovação no Senado

Jayme classifica PL do Aborto como “escárnio” e não vê possibilidade de aprovação no Senado

Senador mato-grossense considera que proposta penaliza mais a mulher do que o estuprador

Conteúdo/ODOC – À imprensa, o senador Jaime Campos (União), afirmou que não existe possibilidade de o Projeto de Lei sobre o aborto ‘vingar’ no Senado da República. Segundo o senador, condenar uma vítima de estupro há 20 anos de prisão é um “escárnio”. Para Campos, no momento certo, o autor do projeto vai ‘pagar caro’ por isso.

“Não, sem chance de vingar no Senado. Isso é um absurdo. O mais grave nisso aí é o estuprador ser condenado a 12 anos e a mulher a 20 anos. Isso é um escárnio, uma vergonha”, disparou.

“Esse deputado que fez essa proposta vai pagar muito caro no momento certo. Não existe penalizar a mulher por 20 anos e o estuprador por 12. Ele devia estar fora da casinha”, declarou.

O PL do Aborto – como ficou conhecido – tem como principal autor o deputado federal Sóstenes Cavalcante (PL-RJ). O projeto equipara o aborto acima de 22 semanas de gestação ao homicídio, aumentando de dez para 20 anos a pena máxima para quem fizer o procedimento. O texto fixa em 22 semanas de gestação o prazo máximo para abortos legais.

Matheus

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *