Kalil diz que ainda não definiu com União sobre vice e que critérios serão discutidos

Kalil diz que ainda não definiu com União sobre vice e que critérios serão discutidos

Indicação do vice na chapa de reeleição do prefeito tem causado ruídos internos no União Brasil que tem vários postulantes ao cargo

Conteúdo/ODOC – O prefeito de Várzea Grande, Kalil Baracat (MDB), disse à imprensa que ainda não conversou com o União Brasil sobre a questão da pré-candidatura de vice na sua chapa para a disputa da reeleição este ano. Segundo ele, tudo vai ser bem e conversado para que não ocorram ruídos.

No União Brasil, entre os cotados para vice na chapa de Kalil estão o presidente da Câmara de Vereadores de Várzea Grande, Pedro Tolares, o Pedrinho, o vereador Pablo Pereira e a vereadora Rosy Prado e o empresário Dudu Campos, filho do senador Jaime Campos.

“Não teve nenhuma conversa definitiva, não conversei ainda com o União Brasil. O União Brasil tem vários nomes que estão postulados.  Tudo o que saiu até hoje sobre essa questão é apenas especulação”, disse Baracat.

O prefeito garantiu – mais uma vez – que o seu foco é administrar a cidade e entregar resultados. “Eu estou em fase de entregar obras em Várzea Grande. Meu prazo é curto. Não quer dizer que não estou construindo um projeto de reeleição, mas eu não posso perder o foco de concluir o mandato com uma gestão de resultados”, destacou.

Kalil adiantou que não tem nada definido sobre critérios para a escolha do candidato a vice-prefeito. “Não tem definição de qual será o critério, se vai ser pesquisa, não tem isso definido. Estamos discutindo de forma muito tranquila, nós somos um grupo político, todo mundo é coeso, todo mundo junto, desarmando os espíritos para  construirmos a melhor união, o melhor nome, o melhor quadro para compor a chapa”, completou.

Matheus

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *