“Não temos medo algum”, afirma Assis sobre denúncia de que seja espalhador de Fake News

“Não temos medo algum”, afirma Assis sobre denúncia de que seja espalhador de Fake News

Conteúdo/ODOC – O deputado federal Coronel Assis (União) acredita que a denúncia feita pelo PSOL, acusando ele e mais seis parlamentares de disseminar informações falsas sobre a catástrofe no Rio Grande do Sul, é uma tentativa de enfraquecer a direita no Congresso Nacional.

“Fui policial militar por quase 30 anos e já fui denunciado por prender criminosos e levá-los à justiça. A denúncia feita por alguns parlamentares do PSOL, um partido notoriamente de esquerda, tem o objetivo de nos desconstruir”, afirmou.

Ele mencionou que suas publicações foram baseadas em matérias jornalísticas que relataram supostas negligências do Governo Federal, como a retenção de caminhões com donativos nos postos fiscais devido à falta de documentação. “Das multas que foram aplicadas pela ANTT, conforme noticiado pelo UOL, houve notificações de multa que seriam canceladas. Se uma notificação não é uma multa, então realmente eu não sei o que é”, destacou.

O deputado também comentou sobre uma outra publicação questionada pelo partido, que afirmava que o governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) teria recusado ajuda do Uruguai em ações no Rio Grande do Sul.

“Eles têm o direito de nos denunciar, mas não temos nenhum temor em relação a isso. Pelo contrário, continuaremos cobrando de forma séria e dura o Governo Federal. Acredito que, neste momento, precisamos do empenho do poder público no Rio Grande do Sul, e não de sensacionalismo”, disse.

No documento enviado à Procuradoria-Geral da República (PGR), o PSOL pede que os deputados sejam denunciados e processados por crimes relacionados à vida e à saúde da população afetada, crimes contra a honra de autoridades e agentes públicos, além de omissão de socorro, calúnia e difamação.

Matheus

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *