Responsabilidade artilheira: sem Deyverson, atacantes do Cuiabá tentam quebrar seca de gols

Contra o Botafogo, o Cuiabá não terá em campo o artilheiro no Brasileirão. Suspenso, Deyverson está fora de combate pela primeira vez no campeonato. Com a ausência do maior goleador do Dourado na temporada, a responsabilidade de balançar a rede é transferida para os outros atacantes do elenco. O problema é que nenhum deles ainda conseguiu fazer o torcedor comemorar na Série A.

Dos nove gols marcados pelo Cuiabá no campeonato, três tiveram Deyverson como autor. Os outros estão divididos entre peças do meio-campo e defesa: Fernando Sobral, Marllon, Raniele, Ronald e Mateusinho, além de um contra.

Outras opções do setor ofensivo vivem longo jejum. O maior período de seca é vivido por Isidro Pitta, que acumula 15 partidas disputadas sem anotar um tento. O paraguaio, inclusive, é o favorito para iniciar como titular no comando do ataque.

Leia mais notícias do Cuiabá:
+ Clube da MLS se dispõe a pagar R$ 4,8 milhões por Rikelme, mas clube rechaça negociação
+ Marllon mantém regularidade e se destaca como jogador com mais minutos em campo

Nomes como Emerson Ramon e Quagliata ainda não marcaram na temporada. Titulares da equipe, Jonathan Cafú e Wellington Silva já somam mais de dois meses sem fazer as pazes com o gol – o último aconteceu no início de abril.

Nesta quinta-feira, o Dourado tenta aproveitar o retrospecto positivo contra o Botafogo para quebrar marcas negativas. Além de dar fim ao jejum envolvendo os atacantes, a equipe auriverde busca a primeira vitória como mandante no Brasileirão.

O duelo contra o Glorioso será disputado na Arena Pantanal, a partir das 19h (de MT), pela 11ª rodada da Série A.

Matheus