Russi nega interferência ‘externa’ e garante que escolha do primeiro-secretário da Assembleia será no voto

Russi nega interferência ‘externa’ e garante que escolha do primeiro-secretário da Assembleia será no voto

Ele garante que definição ocorrerá entre os próprios deputados

Conteúdo/ODOC – O deputado estadual Max Russi (PSB), primeiro-secretário da Assembleia Legislativa, afirmou à imprensa nesta quarta-feira (10), que a escolha do primeiro-secretário na sua chapa para a eleição da nova Mesa Diretora, marcada para agosto próximo, será feita pela maioria dos deputados, sem qualquer interferência ‘externa’, garantiu.

“Acho que todos têm condições, os 24 deputados têm condições de ser presidente e primeiro-secretário, cada nome é um nome colocado e quem vai escolher é a maioria do Parlamento, não será nenhuma interferência de fora, será dentro do Parlamento, escolha dos deputados e eu vou honrar esse compromisso que eu e o Botelho fizemos de que a maioria vai escolher o primeiro-secretário”, destacou.

O primeiro-secretário da ALMT vê como natural a disputa pela primeira secretaria que ocorre entre a deputada Janaína Riva (MDB), o deputado Beto Dois a Um (União) e o deputado Dilmar Dal Bosco (União).

“Nós vamos trabalhar o consenso. Essa discussão é natural, essa disputa é natural e agora vai se afunilando. Nós teremos 15 dias de recesso para definição dessa Mesa. Acredito que o recesso vai ajudar nisso, vai dar condição de intensificar as discussões as articulações para chegarmos a um denominador comum”, argumentou Russi.

Sobre a antecipação da eleição da nova Mesa Diretora, Max Russi disse que “foi uma vitória…eu vinha desde o início do ano defendendo essa antecipação, achava importante em função do período eleitoral. Agora chegou no entendimento e aprovamos essa PEC”.

Matheus

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *