Sessão especial homenageia festeiros e organizadores da Festa do Senhor Bom Jesus de Cuiabá

Sessão especial homenageia festeiros e organizadores da Festa do Senhor Bom Jesus de Cuiabá

A Assembleia Legislativa homenageou festeiros e organizadores da Festa do Senhor Bom Jesus de Cuiabá em sessão especial realizada na tarde desta quarta-feira (5). Foram entregues moções de aplausos concedidas por requerimento dos deputados Eduardo Botelho (União) e Janaina Riva (MDB), respectivamente presidente e vice-presidente da Casa de Leis.

“A festa é uma celebração em que a gente está trazendo de volta a pessoa de Jesus Cristo como padroeiro do estado, da cidade e da Arquidiocese de Cuiabá. A cada ano estamos melhorando e ampliando a celebração. 16. A gente espera que aumente cada vez mais a fé no Senhor Bom Jesus de Cuiabá”, explicou o padre da Arquidiocese de Cuiabá, Felisberto Samuel da Cruz, um dos homenageados. Ele lembrou ainda que imagem original de Bom Jesus, produzida por uma artesã de Sorocaba (SP), foi colocada na primeira capela construída no território da capital em 1822.

A capelã da Comunidade Nossa Senhora da Penha do Coxipó do Ouro, Fernanda Sampaio, destaca ainda que os dias de festa relembram a origem da cidade, com atividades no percurso da antiga rota do ouro. “É importante lembrarmos que nós temos uma história, temos um passado. É em cima disso que a gente vai plantando, colhendo, entendendo o que estamos vivendo agora. Por isso a importância de fazermos essa festa para Bom Jesus. Fico honrada por recebermos esse reconhecimento aqui na Assembleia Legislativa”, disse.

“Nós estamos reconhecendo aquelas pessoas que lutam, participam todos os anos da festa. São elas que mantêm viva essa tradição, essa fé. Nós temos que fazer esse reconhecimento público do trabalho que eles fazem. Este ano eu participei também, como festeiro, estive lá. É uma festa muito bacana. É tradição, fé, religiosidade, uma união do povo cuiabano por uma causa justa que é o bem de todos”, avaliou o deputado Eduardo Botelho.

“A festa do Bom Jesus de Cuiabá é uma festa tradicional, no sétimo ano já – sendo feita junto com o aniversário de Cuiabá –. Então, hoje, a gente reconhece todo esse trabalho dos festeiros, dos organizadores com as moções de aplausos. É um trabalho que visa obter renda para poder fazer filantropia, ajudar o próximo. Um trabalho muito bonito realizado pela igreja. A Assembleia demonstra aqui o seu respeito a essa história cultural, daqui da baixada cuiabana, que tem suas festas de santo, de comunidade”, afirmou Janaina Riva.


Matheus

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *