Vereador critica briga política e defende revisão do TAC da Saúde pública

Vereador critica briga política e defende revisão do TAC da Saúde pública

Conteúdo/ODOC – O vereador Renivaldo Nascimento (PSDB), saiu em defesa do prefeito Emanuel Pinheiro (MDB), quando questionado sobre o TAC da saúde pública, disse que o termo foi feito “no apagar das luzes” pela intervenção com o condão de “atravancar” a gestão do prefeito emedebista.

Segundo o vereador, a prefeitura não consegue cumprir o TAC por conta de cláusulas não factíveis. “Eu já falei, concordo com o presidente Botelho, esse TAC tem que ser revisto. Tem cláusulas factíveis de serem cumpridas, outras não”, observou.

“Colocar cláusula que não pode ser cumprida, para morrer gente…tem que discutir esse TAC, tem que por na mesa, sem umbigo, sem briga política. Tem que pensar na vida humana”, disse Nascimento.

“Eu acho que deve haver prisão para aqueles políticos que não honram com a coisa pública. Eu concordo…só que tá feito, no apagar das luzes por uma intervenção para atravancar e travar a gestão”, argumentou o vereador.

“Fizeram um TAC em dezembro, numa gestão que é plena. A intervenção não tinha gestão de secretário, tinha como de prefeito. Foi feito no apagar das luzes para disparar gatilhos a fim de inviabilizar a saúde pública, como está hoje. Isso foi irresponsabilidade com a população cuiabana”.

 

Matheus

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *