Vereadora diz que Chapada dos Guimarães tem coronel e cita perseguição política

Vereadora diz que Chapada dos Guimarães tem coronel e cita perseguição política

Fabiana Nascimento teve o mandato cassado duas vezes e culpa líderes políticos locais

Conteúdo/ODOC – A vereadora cassada, Fabiana Nascimento (PSDB), de Chapa dos Guimarães, disse em entrevista na TV Vila Real que sofre perseguição política e que na cidade “tem coronel”. Conforme Fabiana Nascimento, Chapada dos Guimarães “tem dois prefeitos”. A tucana foi cassada por quebra de decoro pela segunda vez no decorrer da semana, por 9 votos a 2.

“Chapada tem coronel. Não é segredo, todo mundo sabe como funciona. Temos dois prefeitos. Então é a verdade dos fatos e eu estou sofrendo uma perseguição política, todo mundo sabe”, declarou quando questionada.

Segundo Fabiana Nascimento, tudo começou quando ela cobrou do secretário de governo, Gilberto Mello, prestação de contas do Festival de Inverno de 2023. Na sua opinião, o grupo do prefeito de Chapada, Osmar Froner de Mello (União), candidato à reeleição, quer de todas as formas inviabilizar sua pré-candidatura a prefeita ou até mesmo à reeleição.

“Eles querem me tirar da concorrência, do páreo. Eles querem me tirar tanto se for para a reeleição como vereadora, já que sou uma vereadora atuante”, disse.

Conforme Fabiana Nascimento, o Festival de Inverno é realizado com recursos do Governo do Estado e de emendas parlamentares. Daí – segundo ela – sua cobrança de prestação de contas dos recursos arrecadados com a venda de camarotes durante o Festival de 2023.

“O que que está sendo feito com esse dinheiro que está sendo da venda desse camarote? É para pagar palco? Mas e o dinheiro que vem, que é investido do governo, o dinheiro que é investido das emendas parlamentares? Tenho questionado. Se você questionar é lapada como estou sendo”, completou.

Matheus

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *