Aberto da Austrália: Ymanitu representará Brasil entre cadeirantes

O Brasil terá pela primeira vez na história um atleta cadeirante na chave principal do Aberto da Austrália, o catarinense Ymanitu Silva, que competirá na categoria Quad (para atletas que também têm deficiência nos membros superiores).

Para se preparar para a participação no primeiro Grand Slam da temporada, o brasileiro seguiu na última quinta-feira (5) para Melbourne (Austrália), onde disputará dois torneios: um de nível ITF 1 (equivalente a um ATP 500 dentro do circuito de cadeirantes) a partir do dia 10 e um Super Séries (semelhante ao Masters 1000) com início previsto para o dia 16.

O Australian Open é o terceiro Grand Slam diferente do catarinense, que ocupa a 8ª posição do ranking mundial de Quad. Ele já disputou Roland Garros em duas oportunidades (2019 e 2022) e Wimbledon em uma (2022).

“Minha intensidade, entrega e dedicação aos treinos duplicaram. Estou muito confiante e espero me sair bem nessa gira australiana, pois mostra que estamos entre os melhores do mundo. Já são sete temporadas entre os top 10, feito histórico para minha carreira e para a modalidade no Brasil”, declarou Ymanitu Silva ao Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB).

Fonte: Agência Brasil

Matheus