CBF autoriza chegadas de Atlético-MG e Flamengo a Cuiabá apenas na véspera da Supercopa; Rubro-Negro altera planejamento

A Confederação Brasileira de Futebol definiu que Atlético-MG e Flamengo poderão chegar a Cuiabá apenas na véspera da partida pela Supercopa do Brasil. Em ofício enviado aos clubes, a CBF autoriza, em caráter excepcional, que as delegações compareçam no sábado (19), horas antes do confronto.

O regulamento da competição previa que os elencos estivessem presentes na cidade-sede com três dias de antecedência. O comunicado da entidade alega que a decisão foi baseada ‘no estágio atual da pandemia da COVID-19’, e também ‘atendendo solicitações de ambos clubes participantes’.

A chegada a Cuiabá para a disputa da Supercopa do Brasil foi mais um ponto da disputa nos bastidores entre Atlético-MG e Flamengo.

Atual campeão do Brasileirão e da Copa do Brasil, o Galo alegava falta de estrutura necessária para indicar a viagem apenas no sábado. A ideia do clube era realizar a preparação em Belo Horizonte, chegado à capital do Mato Grosso para a concentração.

Presidente atleticano, Sérgio Coelho chegou a afirmar que o Flamengo obteve ‘informações privilegiadas dentro da CBF’ sobre a escolha da cidade-sede da Supercopa, conseguindo fazer ‘reservas no melhor hotel’ antes dos mineiros. A alegação foi rebatida pelos rubro-negros.

Com a decisão da CBF, o Flamengo também mudará seu planejamento para chegar apenas no sábado a Cuiabá. Isso era também um desejo da comissão técnica de Paulo Sousa, para que a preparação fosse realizada no Ninho do Urubu.

Atlético-MG e Flamengo se enfrentam no domingo (20) na Arena Pantanal, em Cuiabá, pela taça da Supercopa do Brasil, com bola rolando a partir de 15h (de MT).

Veja abaixo o ofício enviado pela CBF aos clubes:

“Prezados senhores

Cumprimentando-os cordialmente, servimo-nos do presente para informar que em decorrência do estágio atual da pandemia da Covid-19 e atendendo solicitações de ambos clubes participantes da Supercopa, a Diretoria de Competições da CBF, em conjunto com a Presidência, decidiram excepcionalmente autorizar que os clubes participantes não cheguem à cidade-sede da disputa com três (3) dias de antecedência, conforme previsto no Regulamento da Competição, sendo facultada a chegada até a véspera da partida, a fim de que a preparação das equipes possa ser realizada em seus respectivos centros de treinamentos”.

Matheus