Comunidade do Rio dos Peixes Vem Forte No Futebol Feminino em 2023

A equipe pe feminina do Rio dos peixes, tem pouco mais de dois meses de fundação, mas com promessa de de fazer frente as equipes da baixada cuiabana. A equipe surgiu após um racha entre as atletas da comunidade, mas surgiu a ideia de continuidade a prática esportiva com treinamento, indo além de uma partida.

Um treinador se juntou as garotas para a realização dos treinos, que acontecem todas as segundas, quintas e sextas-feiras, na quinta-feira voltados para o treino físico, já os treinos da segunda e sextas-feiras são táticos voltados para o futebol com bola, desde o básico.

De início começaram com pouco material, com a penas uma bola para treino, com rateio das garotas do time conseguiram comprar algumas bolas, mas ainda falta muitas coisas para realização treinos mais específicos.

“No momento não temos nenhum tipo de patrocínio, não temos uniformes para treinos e espaços, até porque o local que utilizamos é pago mensalmente e por isso não temos um caixa para guardar dinheiro para conseguir se manter. Temos garotas de várias faixa etárias desde 14 à 45 anos todas com o mesmo propósito fomentar o futebol feminino na nossa região que é uma comunidade com grande possibilidade de crescimento no meio, com um simples objetivo tirar todas as garotas de uma rotina de trabalho cansativa mas que vê no futebol uma forma de lazer e sociedade, onde todas se reúne e que saia da rotina e que tenha um convívio melhor com todos”, disse Bianca Oliveira, coordenadora da equipe.


“O trabalhoso está sendo possível acontecer devido os esforços da Bianca, e do treinador, o professor Luiz Antonio Sabino que estão bem focados nos treinamentos para o aperfeiçoamento da equipe”, disse Marta Helen, atleta da equipe.

Mesmo com muitas dificuldades por falta de apoio, algumas garotas se destacam, como as atletas Juliana, Thania que são mais experiente e passam segurança para as demais meninas que são bem jovem.

Marta aproveitou a oportunidade para solicitar apoio dos comerciante local e outras pessoas que queiram ajudar a equipe, que será grande valia para o desenvolvimento do esporte na categoria feminina da comunidade.

Redação: Matheus Augusto.

Matheus