Coritiba vence o Criciúma nos pênaltis e avança na Copa do Brasil

Coritiba se classificou na Copa do Brasil 2023. Na noite desta terça-feira (14), o clube paranaense venceu o Criciúma, no Couto Pereira, pela segunda fase da competição. Após um empate dramático no tempo normal, pelo placar de 1×1, a vaga foi decidida nas penalidades máximas. Depois de uma longa série de acertos, Gabriel defendeu a cobrança de Hélder. Régis marcou e garantiu a vaga.

O resultado alivia a pressão coxa-branca, sobretudo em cima do técnico António Oliveira. No último final de semana, a equipe se despediu do Campeonato Paranaense após empate com o Cascavel. Agora, o Coxa aguarda pelo seu adversário na terceira fase do torneio, que sai em sorteio. Por enquanto, a equipe vai se preparar para o início do Campeonato Brasileiro, apenas no meio de abril, quando estreia contra o Flamengo.

Criciúma faz gol relâmpago, e Coritiba vai mal

Se existia muita pressão sobre o Coritiba após os resultados recentes, ela ficou ainda maior nos primeiros segundos de partida. Após um grave erro de Bruno Viana, Marquinhos Gabriel recebeu na área, finalizou de primeira e contou com um desvio para abrir o placar. O gol naturalmente obrigou o Coxa a se lançar ao ataque, o que favorecia os contra-ataques rápidos e bem coordenados do Criciúma.

Atrás do placar, o Alviverde se viu na necessidade de superar o seu maior desafio na temporada: fazer gol. Como em outros jogos, a equipe teve o controle da posse no seu campo de ataque, mas sem conseguir traduzir em lances criativos e, consequentemente, bolas na rede. Do outro lado, embora com menos volume, o Tigre levou constante perigo ao gol de Gabriel e se mostrou o time mais organizado da partida.

Em noite inspirada de seus principais jogadores, Éder e Marquinhos Gabriel, o Criciúma chegou mais perto do que nunca de ampliar o placar, aos 46 minutos. Após ótima jogada, Marcelo Hermes recebeu de frente para a meta, mas Gabriel fez uma defesa incrível e salvou o Coritiba. A equipe paranaense foi para o intervalo com sensação de que poderia ser pior.

Manga marca golaço e Coxa leva para os pênaltis

Na etapa final, o Tigre continuou incisivo em seus ataques, enquanto o Coritiba demorou a mostrar senso de urgência diante do cenário delicado. O técnico António Oliveira procurou soluções e mexeu no setor ofensivo. Por pouco as alterações não surtiram efeito de forma imediata. Em um ótimo lance de Régis com Manga, o defensor do time catarinense marcou um gol contra, mas o atacante alviverde estava impedido.

À medida que o tempo avançou, mais a situação se tornou desesperadora para o Coxa, que pouco conseguiu produzir. Ao mesmo tempo, os atletas mostraram claro nervosismo e descontaram em faltas duras, traduzidas no número de cartões. Quando tudo parecia perdido, um golaço fez explodir o Couto Pereira. Aos 44′. Pottker cruzou para Manga, que emendou um chute no ângulo de Gustavo: tudo igual. Com pouco tempo no relógio, o duelo foi para os pênaltis.

Nas penalidades máximas, os batedores mostraram que as pontarias estavam em dia. Após uma série inicial perfeita, com ótimas cobranças, Gabriel defendeu a cobrança de Hélder e deu a chance de Régis carimbar a classificação. O meia converteu e colocou o Alviverde na terceira fase.

Ficha técnica

COPA DO BRASIL
2ª Fase – Jogo único

CORITIBA 1 (6) x1 (5) CRICIÚMA

Coritiba
Gabriel; Natanael (Liziero), Kuscevic, Bruno Viana e Victor Luís; Jesús Trindade (Andrey), Bruno Gomes e Robson; Alef Manga, Kaio Cesar (Pottker) e Rodrigo Pinho (Régis).
Técnico: António Oliveira

Criciúma
Gustavo; Cristovam (Claudinho), Rodrigo, Rayan e Hélder; Arilson, Marcelo Hermes, Fellipe Mateus e Marquinhos Gabriel; Fabinho (João Carlos) e Éder.
Técnico: Cláudio Tencati

Local: Couto Pereira
Horário: 20h
Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza (Fifa-SP)
Assistentes: Alex Ang Ribeiro (Fifa-SP) e Marcelo Carvalho Van Gasse (SP)
Gols: Marquinhos Gabriel aos 40” do 1° T; Alef Manga aos 44′ do 2°T
Cartões amarelos: Eder, Cristovam, Marcelo Hermes, Gustavo, Rodrigo Fagundes (CRI); Régis, Kuscevic, Pottker e Andrey (CFC)

Renda: R$ 285.465,00
Público pagante: 19.891
Público total: 21.019

Matheus