Helicóptero do IBAMA cai em Mato Grosso e piloto morre; Ciopaer acionado

O Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer) acaba de confirmar, ao Só Notícias, que uma aeronave decolou há cerca de 40 minutos para dar apoio num acidente envolvendo um helicóptero Bell BH06 long ranger do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), que caiu, ontem, na região do Pantanal, em Mato Grosso, na divisa com Mato Grosso do Sul.

De acordo com secretaria de Estado de Segurança Pública, na aeronave estava apenas o piloto, coronel Mauro Tadeu do Corpo de Bombeiros do Pará, que morreu.

Em nota, o Ibama informou que o acidente foi volta de 18h e às 23h parte da tripulação que  não estava na aeronave foi localizada. Já o corpo Tadeu só foi encontrado hoje de madrugada.

As causas da queda da aeronave ainda são desconhecidas e serão investigadas por militares do Sexto Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Seripa VI).

Conforme Só Notícias já informou, esse é o segundo acidente envolvendo helicóptero no Pantanal em Mato Grosso. No dia 8 de outubro, uma aeronave modelo esquilo, da Força Nacional, que combatia incêndios na região caiu em uma área de Porto Jofre, no município de Poconé (104 km ao sul de Cuiabá).

Estavam o comandante Renato de Oliveira Souza, da Polícia Civil do Distrito Federal, o copiloto Luiz Fernando Berberick da Polícia Civil do Rio de Janeiro e o segundo sargento da Polícia Militar Emerson Miranda Martins, também do Rio de Janeiro. Todos foram socorrido num helicóptero da Marinha para Cuiabá.

Cerca de 30 dias depois, Renato de Oliveira acabou morrendo após ser transferido em UTI Aérea do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer) para o Rio de Janeiro onde morava com à família.

Em instantes, mais detalhes

Só Notícia

Matheus