Mesmo com apoio da torcida, Cuiabá é derrotado em casa para o América-MG

Cuiabá é derrotado pelo América-MG por 2 a 0 na tarde deste sábado (2), na Arena Pantanal.

Com este resultado, o Cuiabá permanece com 29 pontos, na 11° posição. Já o América-MG, soma 27 pontos e sobe para a 13° colocação.

PRIMEIRO TEMPO

O início da partida começou aberto para ambas as equipes, que buscaram abrir o placar.

Com o passar do tempo, a equipe visitante passou a dominar as ações do jogo.

Aos 12 minutos da primeira etapa, Zárate balançou as redes em cobrança de falta, sem chances para o Goleiro Walter. Cuiabá 0 x 1 Cuiabá.

Precisando do gol de empate, e empurrado pela torcida, aos 23, Pepê teve chance clara, mas desperdiçou.

Osman e Pepê finalizaram e pararam no goleiro Cavichioli.

Fim do primeiro tempo. Cuiabá 0 x 1 América-MG.

SEGUNDO TEMPO

Pressionado, o Dourado não conseguia finalizar com qualidade.
O América se manteve na sua proposta, aguardando os contra-ataques.

Com entrada de Gava, o Auriverde passou a ter mais qualidade no meio de campo. Chegando a marcar 54% de posse de bola.

Em contrapartida, o time mineiro começou a picar o jogo com faltas.

A equipe abusou das chances perdidas, aos 38 minutos, em boa jogada de contra ataque, Ademir guardou no fundo das redes. Cuiabá 0 x 2 América-MG.

FICHA TÉCNICA

CUIABÁ 0x2 AMÉRICA-MG

Motivo: 23ª rodada do Brasileirão
Data/Hora: 02/10/2021, às 16h (de MT)
Local: Arena Pantanal, em Cuiabá (MT)
Árbitro: Rafael Traci (SC)
Assistentes: Kléber Lúcio Gil (SC) e Johnny Barros de Oliveira (SC)
VAR: Bráulio da Silva Machado (SC)

GOLS: Zárate, 12’1ºT (0-1); Ademir, 37’2ºT (0-2)
Cartões amarelos: Paulão (CUI), Alê, Patric (AME)
Cartão vermelho: Não teve.

CUIABÁ: Walter; João Lucas, Marllon (Alan Empereur), Paulão e Uendel; Auremir (Uillian Correia), Pepê (Felipe Marques); Clayson, Jonathan Cafú e Osman (Rafael Gava); Jenison (Elton). Técnico: Jorginho.

AMÉRICA-MG: Matheus Cavichioli; Patric (Diego Ferreira), Eduardo Bauermann, Ricardo Silva e Marlon; Lucas Kal, Alê (Juninho); Zárate (Juninho Valoura), Ademir e Felipe Azevedo (Rodolfo); Fabrício Daniel (Ribamar). Técnico: Vágner Mancini.

Matheus