Ministro critica Mercosul por alta no preço do arroz e diz que Brasil poderá buscar outros fornecedores

Ministro critica Mercosul por alta no preço do arroz e diz que Brasil poderá buscar outros fornecedores

De acordo com Carlos Fávaro, países do Mercosul elevaram os preços em 30%

Conteúdo/ODOC – O ministro da Agricultura Pecuária e Abastecimento, Carlos Fávaro (PSD), declarou que o governo federal pode procurar outro fornecedor de arroz caso os países do Mercosul continuem especulando os preços do cereal.

A importação do arroz foi anunciada devido à catástrofe climática que afetou o Rio Grande do Sul, prejudicando parte da safra. O estado é responsável por 70% da produção nacional do grão.

Os países do Mercosul elevaram os preços em 30% na tentativa de lucrar com a situação tensa dos brasileiros. Nesse contexto, a compra planejada pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) teve que ser suspensa nesta terça-feira (21). “Nós mostramos ao Mercosul que, se quiserem especular, buscaremos em outro lugar. Certamente, eles voltarão à realidade porque não é justo”, afirmou o ministro.

Atualmente, a maior parte das importações de arroz no Brasil vem do próprio Mercosul, sem a cobrança de tarifa de importação. O Mdic informa que a redução da alíquota a zero abre espaço para a compra de arroz de outros grandes produtores, como a Tailândia. Até abril deste ano, o país asiático representava 18,2% das importações brasileiras de arroz.

Matheus

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *