Morre Jair Bala, ídolo do América-MG, aos 79 anos

O ex-jogador e treinador Jair Bala, ídolo do América-MG, morreu nesta terça-feira, aos 79 anos, em Belo Horizonte. O ex-atacante enfrentava problemas de saúde desde que sofreu um AVC (Acidente Vascular Cerebral), em 2020. Ele estava internado em Belo Horizonte. O ídolo americano tem ainda passagens por Flamengo, Botafogo, Palmeiras e Santos. Informações sobre o velório e o enterro ainda serão divulgadas.

Nascido em Cachoeiro de Itapemirim, no Espírito Santo, Jair Bala defendeu o América em duas passagens (entre 1964 e 1965 e entre 1970 e 1971). Foram 78 gols marcados, artilharia do Mineiro de 64 e 71 e ainda o título do Estadual em 71, no time que até hoje é considerado um dos melhores da história do Coelho. Ele é o sexto maior artilheiro do clube.

Já aposentado, ele também passou pelo Coelho como treinador, em algumas oportunidades nas décadas de 1970 e 1980. Foram 232 jogos no comando do time, e ele é o terceiro técnico com mais jogos na história do clube.

O presidente do América, Alencar da Silveira Junior lamentou a morte de Jair:

“Como presidente do América eu só posso deixar meu pesar, acolher toda a família e mostrar que, acima de tudo, Jair Bala ainda vai estar vivo no coração de cada torcedor americano”

Parceria com Rei Pelé

O atacante também carrega a marca de ter atuado ao lado do Rei Pelé, no Santos. Na partida histórica do milésimo gol de Pelé, Jair Bala substitui o Rei depois do gol anotado contra o Vasco, no Maracanã, em 1969.

Em 2020, o ídolo passou por um longo período de internação por causa de uma infecção pulmonar, mas se recuperou. Em maio deste ano, Jair Bala foi homenageado nas arquibancadas do Independência, no dia do seu aniversário. Um boneco do ex-atleta foi levado para as arquibancadas e os torcedores cantaram parabéns pra Jair Bala.

Uma das últimas publicações do ídolo nas redes sociais foi agradecendo a homenagem dos torcedores americanos.

Fonte: gé

Matheus