OPERAÇÃO TAPA-BURACOS: Várzea Grande executar 1.100 toneladas de massa asfáltica em janeiro e fevereiro de 2024

Ação executada por administração direta, ou seja, pela própria Secretaria de Viação e Obras Públicas visa dar condições de trafegabilidade as ruas e avenidas principalmente nos corredores do transporte coletivo.

Visando assegurar a população da segunda maior cidade de Mato Grosso, ruas e avenidas transitáveis, a Prefeitura de Várzea Grande investiu 550 toneladas de massa asfáltica neste mês de janeiro e outras 550 toneladas em fevereiro na operação tapa-buracos para atender as demandas de toda a cidade.

As estimativas apontam para um investimento que oscila entre R$ 800 mil até R$ 1,1 milhão dependendo do volume de obras executados.

As obras estão sendo feitas por execução e administração direta, ou seja, a própria Secretaria de Viação e Obras Públicos executa os trabalhos com maquinário próprio e recursos próprios até que sejam retomados os contratos com empreiteiras que venceram os processos licitatórios.

“Estamos mantendo os trabalhos de manutenção e operação tapa-buracos nas principais vias de acesso aos bairros e as diversas regiões de Várzea Grande, principalmente as centrais para que seja assegurado a fluição do trânsito, pois um trânsito cheio de impedimentos acaba tendo um custo elevado tanto para a cidade como para a população”, disse o secretário de Viação e Obras Públicas, Luiz Celso Morais, sinalizando que o prefeito Kalil Baracat assegurou recursos próprios e um bom fluxo de recursos para atender a demanda.

O titular da pasta sinalizou que a previsão para este ano de 2024 é concluir o compromisso assumido em 2020 de pavimentar em quatro anos 250 km de ruas e avenidas e outros 150 km de recapeamento de pavimento desgastado pelo uso e tempo.
Luiz Celso apontou que o Orçamento da Secretaria de Viação e Obras Públicas de Várzea Grande para 2024 está estimado em R$ 309,844 milhões, recursos que poderão ser superados se novas emendas parlamentares federais e estaduais, além de convênios se transformem em realidade.

“Já temos assegurados recursos advindos de emendas parlamentares do senador Jayme Campos que somam R$ 45 milhões para pavimentação e para recapeamento e outros R$ 20 milhões do deputado e presidente da Assembleia Legislativa, Eduardo Botelho, entre outros parlamentares federais e estaduais que sinalizaram aportar recursos para a gestão do prefeito Kalil Baracat que tem conseguido aplicar recursos próprios e de emendas para atender as demandas da cidade.

Matheus

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *