Primavera do Leste está entre os 15 municípios mais ricos do agronegócio brasileiro

Tradição no agronegócio é algo levado a sério em Primavera do Leste desde sua fundação em 1985. O Brasão da cidade, feito por Luiz Humberto de Souza Barbosa, retrata sua vocação no campo até hoje.

A soja, arroz e gado simbolizam a economia do município, junto com trator e lavoura, representando uma nova plantação que sempre está disposta a surgir.

Em um terreno fértil assim, não é de se espantar que Primavera do Leste está em 15º lugar no ranking dos 100 municípios mais ricos do agronegócio brasileiro, divulgado em nota, pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento através do Departamento de Análise Econômica e Políticas Públicas.

“Estar entre os 15 municípios mais ricos do agronegócio brasileiro é um prêmio para nossa administração, a Secretaria Municipal de Agricultura e nossos colaboradores que estão sempre dispostos a trabalhar pelo setor, seja melhorando o escoamento dos produtos, desburocratização, criação de vagas ou qualquer outra atividade de interesse para nossa cidade”, destaca o prefeito Leonardo Bortolin (MDB).

  

Reprodução — Foto: Diego Eifler – Prefeitura Municipal

Agronegócio forte

Primavera do Leste arrecada R$ 2,37 bilhões em seus 547 mil hectares reservados à agricultura, divididos em 300 mil de soja, 180 mil de milho e entre 70 mil e 80 mil de algodão, feijão e demais culturas.

Das 5.200 empresas instaladas no município, 12% são ligadas diretamente ao agronegócio. A cada quatro empregos criados em 2021, 25% foram no agro.

Reprodução — Foto: Diego Eifler – Prefeitura Municipal

A produção primária, grãos e pecuária são responsáveis por 17% da economia de Primavera do Leste. Se levar em conta a indústria da transformação tendo como matéria-prima os produtos da agricultura, esse impacto pode dobrar.

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), aproximadamente 900 mil toneladas de soja foram produzidas em Primavera do Leste. 

Reprodução — Foto: Diego Eifler – Prefeitura Municipal

Ranking da Produção Agrícola Municipal

O ranking utiliza dados da Produção Agrícola Municipal (PAM) relativo a 2020, coletados pelo IBGE, divulgados em outubro daquele ano.

Foi tomado como base a produção das lavouras permanentes e temporárias e o PIB (Produto Interno Bruto) dos municípios, referente a 2019.

Matheus