Série D já tem 3 times garantidos no mata-mata, e outros 6 podem se classificar neste fim de semana

A Série D do Campeonato Brasileiro está se encaminhando para o fim da sua primeira fase, chegando a um momento decisivo. Neste fim de semana, por exemplo, mais seis equipes podem garantir, com três rodadas de antecedência, a classificação para o mata-mata. Até o momento, Castanhal-PA (Grupo 1), ABC (Grupo 3) e Ferroviária (Grupo 6) já garantiram matematicamente a classificação para a próxima fase da competição.

A 11ª rodada (de 14, ao todo) começa nesta sexta-feira, com o duelo entre América-RN e Caucaia, pelo Grupo 3. Outros 22 jogos no sábado e nove no domingo completam a rodada, que pode se encerrar com São Raimundo-RR, Guarany de Sobral, Juazeirense, Aparecidense, Cascavel e Joinville já classificados, de forma antecipada, ao mata-mata.

Por outro lado, outras 11 equipes — Atlético-AC, Tocantinópolis, ASA, Murici, Gama, Porto Velho, Jaraguá-GO, Águia Negra-MS, Rio Branco-ES, Patrocinense e Rio Branco-PR — correm o risco de eliminação, de forma precoce, nesta 11ª rodada.

Times que podem se classificar no fim de semana, com 3 rodadas de antecedência

SÃO RAIMUNDO-RR NO GRUPO 1

O Grupo 1 já tem o líder Castanhal-PA classificado: com 26 pontos, o time paraense não corre mais riscos de ficar fora do G-4. E quem pode ser o segundo dessa chave a carimbar a vaga é o São Raimundo-RR (segundo colocado, com 22 pontos). Se vencer ou empatar com o Ypiranga-AP, jogando em casa, garante a classificação. É que, na pior das hipóteses (empate), o time de Roraima manteria os 11 pontos que tem à frente do próprio Ypiranga-AP (quinto, com 11), que só poderia chegar a 21. E também não seria mais alcançado pelo Fast (sexto, com 10), que só pode chegar a 22.

GUARANY DE SOBRAL NO GRUPO 2

Aqui a situação é mais complexa. A única equipe do Grupo 2 que pode conseguir a classificação já neste fim de semana é o líder da chave, o Guarany de Sobral, que tem 19 pontos. Para se classificar, o time cearense tem que vencer o Tocantinópolis, jogando no Estádio do Junco, e torcer para que o Juventude-MA (quinto colocado, com 13 pontos) seja derrotado pelo Imperatriz, e que Palmas (sexto, com 11) e Paragominas (sétimo, com 11) não vençam seus compromissos, ambos fora de casa, contra 4 de Julho e Moto Club, respectivamente.

JUAZEIRENSE NO GRUPO 4

Líder do Grupo 4, com 22 pontos, o Juazeirense vive uma situação bem tranquila. Se vencer o Atlético-BA (quinto colocado, com 13 pontos), fora de casa, garante a classificação. É que, se isso acontecer, o time baiano permanece na primeira colocação, com 12 pontos a mais que o quinto colocado, que até poderia ainda igualar os mesmo 25 pontos, mas não igualaria o número de vitórias, que é o segundo critério de desempate.
APARECIDENSE NO GRUPO 5

A Aparecidense lidera o Grupo 5, com 21 pontos, e precisa de uma combinação de resultados para se classificar já neste fim de semana: tem que vencer o Jaraguá-GO fora de casa e contar com tropeços de Goianésia (quarto colocado, com 16 pontos) e União Rondonópolis (sexto, com 15) contra Porto Velho e Brasiliense respectivamente.
CASCAVEL E JOINVILLE NO GRUPO 8

Dois clubes podem confirmar o passaporte para o mata-mata da Série D no Grupo 8. A situação mais confortável é a do Cascavel (líder, com 22 pontos). Para o Aurinegro paranaense, basta vencer seu compromisso diante do Aimoré, em casa, para confirmar a classificação, já que chegaria a 25 pontos e não poderia mais ser alcançado pelo Marcílio Dias (quinto, com 11). Se empatar, Cascavel tem que torcer por tropeço do Marcílio Dias, que joga contra o Joinville.

O outro clube que pode se classificar é o próprio Joinville (segundo colocado, com 20 pontos). O JEC recebe a visita do Marcílio Dias e, se vencer, se classifica por conseguir abrir 12 pontos (23 contra 11) para o quinto colocado, o próprio Marcílio Dias, restando apenas nove em disputa.

Times tradicionais podem ser eliminados

Do outro lado da moeda, alguns clubes bem tradicionais podem ser eliminados, matematicamente, neste fim de semana. São eles: Atlético-AC (Grupo 1) ASA (Grupo 4) e Gama (Grupo 5). Os acrianos e os alagoanos estão em situação mais difícil. Eles jogam foram de casa (contra Fast e Itabaiana, respectivamente) e, mesmo vencendo, podem terminar a 11ª rodada sem chances de classificação para o mata-mata.

Outros times que também podem dar adeus ao campeonato de forma precoce, ainda nesta rodada, são Tocantinópolis (Grupo 2), Murici (Grupo 4), Porto Velho (Grupo 5), Jaraguá-GO (Grupo 5), Águia Negra-MS (Grupo 6), Rio Branco-ES (Grupo 6), Patrocinense (Grupo 6) e Rio Branco-PR (Grupo 8).

O fato é que o fim de semana reserva emoções para torcedores de vários times que disputam a Série D de 2021. Para alguns, o sonho do acesso à Serie C de 2022 seguirá vivo. Já para outros, as últimas rodadas da 4ª divisão nacional terão um ar mais melancólico.

Matheus