União marca no fim de cada tempo e abre vantagem sobre o Boa Esporte no 1º jogo do mata-mata

Emoção em cada final!

O União venceu o Boa Esporte por 2 a 0, neste sábado (11), no Estádio Luthero Lopes, em Rondonólpolis (MT) e abriu vantagem no mata-mata da segunda fase da Série D. O Colorado dominou a maior parte da partida, mas esbarrava nas defesas do goleiro Tom. O time da casa, no entanto, conseguiu furar a barreira boveta e marcou nos minutos finais de cada tempo: com Tom (aos 43 da etapa inicial) e Lucas Bahia (aos 49 do segundo tempo).

Como que fica?

Com a vitória, o União Rondonópolis pode empatar ou até mesmo perder por um gol de diferença para o Boa Esporte, em Varginha, para ficar com a vaga. A Coruja precisa vencer por dois gols de vantagem para levar a decisão para os pênaltis. A vitória por três ou mais gols dá a vaga para a equipe boveta.

Primeiro tempo

Jogando em casa, o União Rondonópolis se impôs desde o primeiro minuto. O Colorado ficou a maior parte do tempo com a bola e criou chances de ataque, principalmente, nos lances comandados por Peixinho, Picachu, Heltinho e Tiarinha. Aos 12 minutos, o União teve a chance de abrir o placar com Heltinho, mas Tom salvou o Boa Esporte. Após o susto, a Coruja começou a tentar ficar com a bola. E conseguiu levar perigo aos 36 minutos, quando Neneca fez grande defesa no chute de longe de Romeu. Quando parecia que o primeiro tempo terminaria com o placar sem ser alterado, o zagueiro Tom aproveitou cobrança de escanteio de Picachu e, de cabeça, abriu o marcador para o Colorado aos 43 minutos.

Segundo tempo

Em busca do empate, o Boa Esporte voltou procurando mais o jogo e ficando mais com a posse de bola. As jogadas da Coruja eram concentradas no campo de ataque, mas esbarravam ou na defesa do União ou em erro de passes dos próprios jogadores bovetas. Enquanto via o Boa tentando ficar com a bola, o União buscava os contra-ataques e levava perigo com a velocidade de Picachu. O Colocado, no entanto, parava nas defesas de Tom. O time da casa, no entanto, insistiu e deu números finais ao jogo aos 49 minutos. Na única falha do goleiro boveta no jogo, ele saiu mal e deu a bola de presente para Juninho. O jogador colorado lançou para Picachu e, após bate e rebate, a sobra ficou com Lucas Bahia, que matou o jogo.

Jogo decisivo!

Para ver quem fica com a vaga, Boa Esporte e União Rondonópolis voltam a se enfrentar no próximo sábado (18). A partida ocorre às 17h no Estádio Melão, em Varginha.

Matheus