Seja bem vindo ao nosso portal de notícias.

23/02/2024 12:28 am

Ao vivo: Anvisa fala sobre registro definitivo de vacina da Pfizer | Agência Brasil

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) realiza hoje (23) um evento online para apresentar detalhes sobre a aprovação definitiva da vacina contra covid-19 desenvolvida pelo laboratório norte-americano Pfizer. Chamada Cominarty, a vacina da Pfizer é a primeira a obter registro definitivo no país, apesar de ainda não estar disponível no mercado.imagem23-02-2021-20-02-14imagem23-02-2021-20-02-15

Acompanhe ao vivo:

De acordo com a Anvisa, o registro “abre caminho para a introdução no mercado de uma vacina com todas as salvaguardas, controles e obrigações resultantes dessa concessão”. Até então, as vacinas aprovadas no Brasil são para uso emergencial: a CoronaVac, produzida pelo Instituto Butantan em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac, e a vacina produzida pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) em parceria com a Universidade de Oxford e o laboratório inglês AstraZeneca.

O pedido de registro definitivo é o segundo que a Anvisa recebe para uma vacina contra a covid-19. O primeiro foi feito em 29 de janeiro e é relativo à vacina desenvolvida pela farmacêutica AstraZeneca em parceria com a Universidade de Oxford, que já tem autorização para uso emergencial no país.

Fonte: agenciabrasil.ebc.com.br/saude/noticia/2021-02/ao-vivo-anvisa-fala-sobre-registro-definitivo-de-vacina-da-pfizer

Veja também

CUIABÁ| SAÚDE

Prefeitura toma medidas para testagem e tratamento de casos de covid-19 em Cuiabá

SAÚDE| VÁRZEA GRANDE MT

Várzea Grande e Rede Comper unem esforços para prevenir contra Dengue, Zika e Chikungunya

SAÚDE| VÁRZEA GRANDE MT

MEDIDAS DE PREVENÇÃO: VÁRZEA GRANDE RECOMENDA HIGIENIZAÇÃO, MÁSCARA, NÃO AGLOMERAÇÃO E VACINA CONTRA A COVID 19

SAÚDE| VÁRZEA GRANDE MT

Saúde de Várzea Grande alerta para medidas e recomendações para se evitar nova onda de COVID-19

SAÚDE

Doméstica deixa emprego pela segunda vez em três anos para cuidar da filha com câncer: ‘Tive que abrir mão’

SAÚDE

Vacina recombinante Zalika contra covid-19 é registrada pela Anvisa