Seja bem vindo ao nosso portal de notícias.

29/02/2024 3:14 pm

De volta ao Cuiabá, António Oliveira analisa desafios e reforça: “Regressamos onde fomos felizes”

Seis meses após a última entrevista coletiva como treinador do Cuiabá, António Oliveira falou pela primeira vez em seu retorno ao clube. O treinador português ressaltou o prazer em voltar a dirigir a equipe e analisou os desafios iniciais e a longo prazo no Dourado. O ano mudou, mas a meta estabelecida para a temporada segue a mesma: manter o time mato-grossense na elite do futebol nacional.

Em 2022, António chegou ao Cuiabá em meio a uma sequência de quatro jogos sem vitória. Após ajudar a equipe a conquistar a permanência na Série A, deixou o clube ao término do vínculo contratual. Agora, regressa para onde, segundo o comandante, foi feliz.

 Sabe que se costuma dizer que nós regressamos onde fomos felizes, onde fui muito bem tratado sempre. E na vida nós não nos arrependemos, mas sim aprendemos. E aqui estou para ajudar mais uma vez o Cuiabá a atingir os seus objetivos.

Do elenco auriverde da última temporada, dez jogadores que trabalharam com António permanecem no clube. O treinador explicou como pode recolocar o time dentro da ideia de jogo da comissão técnica, mesmo com pouco tempo de trabalho.

É evidente que eu e minha comissão técnica temos sempre uma proposta de jogo que nos acompanha. Temos uma matriz que não se desvirtua em nenhum momento, mas sempre respeitando o conforto dos jogadores e as suas características. Numa primeira forma mais de análise, avaliação, vamos conhecer os jogadores novos, onde eles melhores se enquadram naquilo que é a forma como nós nos propomos. Mas não vai fugir muito daquilo que vocês viram no ano passado.

Após deixar o Coritiba, António assume o Cuiabá com o objetivo principal claro. Apesar de mirar no mesmo alvo da temporada passada, o treinador aguarda novos desafios pela frente.

– O objetivo é com certeza o mesmo, mas não há temporadas iguais. É um campeonato ainda mais difícil, muito mais competitivo, com os investimentos que foram feitos pelos diversos clubes. É muito simples, é reeducar os que estavam comigo, educar os novos e rapidamente nos identificarmos na nossa forma de jogar, os diferentes princípios e momentos. Trabalhar o máximo, sermos competitivos para podermos alcançarmos pontos, porque é a somatória deles que nos leva a obtenção do objetivo principal, que é manter este clube, de um estado que merece, na elite do futebol brasileiro. Vai ser desafiante, mas vai valer a pena.

António aguarda a regularização no Boletim Informativo Diário da CBF para reestrear pelo Cuiabá à beira do campo. O treinador deve comandar o Dourado já na próxima rodada, contra o Cruzeiro, na segunda-feira, fora de casa. Veja abaixo outros tópicos abordados na coletiva com o técnico português.

Mescla entre experiência e juventude no elenco

– Eu vejo uma ótima oportunidade para gerar ativos. E foi a mesma coisa que fizemos no ano passado. Ninguém conhecia o Joaquim, que hoje é titular no Santos e rendeu financeiramente ao clube. Essa também é uma das nossas valias. Denilson que nunca havia jogado a Série A. Cabe a nós, independentemente da experiência ou da idade, perceber se tem qualidade. Eu não olho idade, cultura, raças, eu olho a qualidade e rendimento que nos dão em campo.

Consolidar a defesa

– Eu acho que acima de tudo, uma equipe como o Cuiabá precisa saber se defender bem. Ela se sustentou muito na parte defensiva, eu estive aqui em 28 jogos, sofremos 28 gols, é um gol por jogo em uma equipe que luta pra não cair. Se tivesse um ataque concretizador estaríamos no G-8. Eu acho que é nessa perspectiva. Portanto, vamos dar conforto ao ataque, e para isso precisamos nos defender bem e não sofrer gol, porque com a qualidade que temos vamos acabar por marcar e ganhar jogos. Consistência defensiva, porque os ataques ganham jogos, mas as defesas ganham campeonatos.

Encaixe tático

– Ontem já começamos a trabalhar dentro dessa forma que se pretende. Agora é evidente que isso tem o seu processo, mas no futebol não há tempo para pedir tempo, pois o que se quer na cultura esportiva brasileira é resultado. Estamos aqui respeitando isso, vamos ter que nos adaptar e adequar de acordo com o adversário.

  • Fonte: gê

Veja também

ESPORTES

Mixto feminino inicia terceira semana de treinos de olho na Série A2 do Brasileiro

ESPORTES

Associação esportiva de Figueropolis do Oeste recebe materiais esportivo do Deputado Eduardo Botelho.

ESPORTES

Com iluminação do Estádio de Jangada Tropa do R 7 Enfrenta Santa Cruz na final do Campeonato Municipal.

ESPORTES

Mixto tem retorno de Odail e Igor, mas terá três desfalques contra o Primavera

Copa do Brasil| ESPORTES

Com dois de Romero, Corinthians vence o Cianorte e avança na Copa do Brasil

Copa do Brasil| ESPORTES

Cuiabá se adapta ao gramado alagado, goleia o Real Noroeste e passa na Copa do Brasil Texto retirado de ogol.com.br https://www.ogol.com.br/noticias/cuiaba-se-adapta-ao-gramado-alagado-goleia-o-real-noroeste-e-passa-na-copa-do-brasil/587585