Fifa investiga como Salt Bae comemorou com Lionel Messi na final da Copa do Mundo de 2022

O dono do restaurante turco se misturou com jogadores argentinos, incluindo Lionel Messi, após a vitória na Copa do Mundo no domingo, e até beijou o troféu

A Fifa, órgão regulador do futebol mundial, está investigando como Salt Bae obteve acesso não autorizado ao campo da final da Copa do Mundo de 2022 e se misturou a jogadores famosos, incluindo Lionel Messi .

O dono do restaurante turco – nome verdadeiro Nusret Gökçe – foi amplamente fotografado na multidão de jogadores e dignitários da Argentina após a vitória nos pênaltis sobre a França no domingo – até mesmo beijando o troféu da Copa do Mundo, que a FIFA chama de ” ícone inestimável ” que “só pode ser tocado e segurado por um grupo muito seleto de pessoas.”

“Após uma revisão, a FIFA estabeleceu como os indivíduos obtiveram acesso indevido ao campo após a cerimônia de encerramento no Lusail Stadium em 18 de dezembro”, disse a entidade mundial do futebol à Associated Press na quinta-feira. “A ação interna apropriada será tomada.”

O ex-açougueiro de 39 anos, que ganhou fama na Internet por sua boa aparência e habilidades de salga, é dono de vários restaurantes em todo o mundo, inclusive no Catar, e era um convidado VIP frequente dos dirigentes da FIFA, de acordo com a AP.

Messi, por sua vez, aparentemente não queria nenhum contato com o dono do restaurante. Nas redes sociais , vídeos da comemoração em campo mostram Bae tentando tocar o braço do icônico jogador argentino e Messi o afastando.

As ações de Bae também chamaram a atenção das autoridades do futebol nos EUA: a US Open Cup twittou no início desta semana que o dono do restaurante não é mais bem-vindo em seu evento em 2023.

“Salt Bae está banido da final do @opencup de 2023” , twittou a organização .

Matheus