Seja bem vindo ao nosso portal de notícias.

29/02/2024 11:24 am

Campus da UFMT e novo terminal rodoviário tem recursos de emendas garantidos

Várzea Grande deve se tornar em breve um Polo Educacional com formação de mão de obra especializada para uma série de profissões consideradas de nível elevado e para novas profissões que estarão vinculadas ao Parque Tecnológico que também está com as suas obras em andamento para serem entregues em 2024 na região leste da cidade próximo a Capital do Estado.

Com recursos federais provenientes de emendas parlamentares no Orçamento Geral da União, no total de R$ 45 milhões, de autoria do senador Jayme Campos e do deputado federal Emanuel Pinheiro Neto, o Emanuelzinho, as obras do Campus da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) deverão ser concluídas nos próximos meses, depois de terem ficado paralisadas por falta de recursos e por problemas com as empresas que venceram o processo licitatório e que tiveram que ser substituídas.

Também foram confirmados recursos de emendas parlamentares do senador Jayme Campos e do deputado Emanuel Pinheiro Neto para as obras do Terminal Rodoviário de Várzea Grande. Jayme Campos já havia sinalizado com R$ 7,5 milhões e o deputado Emanuel Pinheiro Neto, assegurou outros R$ 5 milhões.

As obras do novo Terminal Rodoviário que ficará na Rodovia Mário Andreazza, próximo ao Chapéu do Sol e do Campus da UFMT e ao Parque Tecnológico será executado com empréstimo que os vereadores de Várzea Grande autorizaram o prefeito Kalil Baracat a contratar junto a organismos financeiros oficiais, provavelmente a Caixa Econômica Federal.

O prefeito Kalil Baracat recebeu o Pró-Reitor da Universidade Federal de Mato Grosso, Adelmo Carvalho da Silva, acompanhado por Caiube Emanuel Souza Kuhn, Pró-Reitor em Exercício do Campus da UFMT em Várzea Grande, substituindo a Pró-Reitora, Ilse Campos e Júlio César Carvalho de Miranda, PHD em Química e coordenador dos cursos de engenharia, para discutir uma série de medidas que a Administração Municipal deverá colocar em prática para que a unidade possa funcionar e garantir o acesso dos acadêmicos quando a unidade estiver em funcionamento.

“Dar meios de funcionamento desta nova unidade é fundamental e importante na formação de novos profissionais”, disse o Pró-Reitor Adelmo Carvalho da Silva para quem nos próximos anos Várzea Grande se tornará polo educacional e com a oferta de mão de obras para novas profissionais e para empresas que estão sinalizando se instalar no Parque Tecnológico, pois, todos estarão na mesma região do Chapéu do Sol.

Constituído para atender a cursos de Engenharia de Transporte; Engenharia de Minas; Engenharia Química; Engenharia de Controle e Automação e Engenharia de Computação, a Campus UFMT Várzea Grande vai ainda ter especialização em Software, Produção e Bacharelado em Ciência e Tecnologia e pós-graduação em Bioenergia e Engenharia Ferroviária, os cursos do Campus da UFMT em Várzea Grande tem uma expectativa de atender até 4 mil alunos fora aqueles alunos em especialização.

“Várzea Grande reafirma seu propósito em atender todas as demandas decorrentes da implantação tanto do Campus da UFMT/VG como do Instituto Federal de Mato Gross – IFMT, também na região do Chapéu do Sol e do Parque Tecnológico, pois compreendemos a importância de nos tornar um polo educacional e principalmente de formar mão de obra de novas profissões que estão surgindo e que são consideradas essenciais para o Brasil e para as pessoas, principalmente em Mato Grosso que está crescendo sua economia baseada no agronegócio e suas áreas”, explicou o prefeito Kalil Baracat.

O deputado Emanuel Pinheiro Neto, afiançou aos presentes os recursos federais para as obras da UFMT em Várzea Grande estimadas em R$ 45 milhões para obras e equipamentos, através de emendas do senador Jayme Campos e dele próprio, sinalizando crença de que após muitos problemas a mesma vai se tornar uma realidade e abrir novas perspectivas para todos.

“Estamos buscando as melhores chances de contemplar a segunda maior cidade de Mato Grosso e estamos todos da bancada federal imbuídos em ajudar ao prefeito Kalil Baracat em transformar Várzea Grande. Por ser a segunda maior cidade e estar ao lado de Cuiabá, fato que leva a mesma, a ser procurada por moradores de outras cidades e de outros estados em busca de melhores oportunidades de estudos é que estamos investindo na conclusão das obras do Campus da UFMT e no Terminal Rodoviário.

Veja também

CIDADES| MATO GROSSO

Itanhangá: Municipio entra em alerta amarelo, com ventos intensos de 40 a 60km/h

VÁRZEA GRANDE MT

MAIS ILUMINAÇÃO, MAIS SEGURANÇA Várzea Grande está implantando 45 mil lâmpadas em LED

SAÚDE| VÁRZEA GRANDE MT

Várzea Grande e Rede Comper unem esforços para prevenir contra Dengue, Zika e Chikungunya

SAÚDE| VÁRZEA GRANDE MT

MEDIDAS DE PREVENÇÃO: VÁRZEA GRANDE RECOMENDA HIGIENIZAÇÃO, MÁSCARA, NÃO AGLOMERAÇÃO E VACINA CONTRA A COVID 19

VÁRZEA GRANDE MT

OPERAÇÃO TAPA-BURACOS: Várzea Grande executar 1.100 toneladas de massa asfáltica em janeiro e fevereiro de 2024

SAÚDE| VÁRZEA GRANDE MT

Saúde de Várzea Grande alerta para medidas e recomendações para se evitar nova onda de COVID-19