Flamengo derrota o Goiás e faz as pazes com a torcida no Maracanã

Com o resultado, o Flamengo deu um fim na série de três derrotas consecutivas e soma seis pontos na tabela de classificação. O Goiás, por sua vez, tem apenas três, está na zona de rebaixamento.

Sem Gabigol, suspenso, Jorge Sampaoli apostou em um ataque formado por Pedro e Éverton Cebolinha. E o centroavante foi o responsável por abrir o placar. Aos sete minutos, o árbitro assinalou pênalti de Edu em Ayrton Lucas. O camisa 9 bateu com precisão e fez 1 a 0.

Mas nem tudo foi alegria. Na hora do chute, Pedro sentiu uma lesão e precisou deixar o campo. Ele deu lugar para Bruno Henrique, que ficou cerca de dez meses afastado e vem ganhando tempo de jogo. O atacante correu, lutou, mas não teve uma atuação de destaque.

Mas isso não impediu que o Flamengo amassasse o Goiás, que teve lampejos de bons momentos. Porém, durante boa parte da partida, ficou recuado, buscando se defender.

O time esmeraldino só não foi para o intervalo com um placar mais elástico contra, pois Marcelo Rangel fez defesas importantes.

No segundo tempo, o Flamengo foi ainda mais intenso e perdeu inúmeras oportunidades de marcar. Conseguiu, ao menos, ampliar. Aos três minutos, Everton Cebolinha avançou pela esquerda e cruzou para Everton Ribeiro, que pegou de letra para fazer 2 a 0

Após o gol, o Flamengo seguiu pressionando. Arrascaeta perdeu duas chances claras, assim como Bruno Henrique. Serviu para Sampoli testar algumas peças durante a partida, mas voltou a deixar Marinho no banco de reservas.

Quem não viveu uma noite de gala foi o zagueiro David Luiz. O jogador entrou no segundo tempo, mas acabou sendo vaiado pelos torcedores, que comemoram muito a vitória do Flamengo.

Na próxima rodada, o Flamengo enfrenta o Bahia no sábado, às 16h, na Arena Fonte Nova, em Salvador (BA). No domingo, às 18h30, o Goiás recebe o Botafogo, no Serrinha, em Goiânia (GO).

Fonte: Estadão Conteúdo

Matheus