Presidente da ACT/MT Participa da Conferencia Municipal das Crianças e Adolescente no Município de Araguianha

A prefeitura de Araguainha através da secretaria de assistência social, realizou na última segunda feira (27) a conferencia municipal, onde foi discutido junto com a comunidade local o planejamento para as políticas públicas voltada para a criança e adolescente.

O evento contou com a presença do prefeito Francisco Gonçalves Naves o popular (Chiquinho), a primeira dama e secretária de assistência social Terezinha Abadia de Oliveira, do Presidente da ACT/MT Associação dos conselheiros e Ex, conselheiros tutelares de Mato grosso Nelson de Faria, a presidente do CMDCA Cristiane Cabral Oliveira Souza, Neuci Pio Perón, assistente social do município de Alto Araguaia, a conselheira tutelar e coordenadora de pólo de Alto Araguaia da ACT/MT Claudia Parula Moreira, o presidente do conselho fiscal da ACT/MT Cleidinei José Mendes, conselheiras tutelares local, assistentes sociais, psicólogas do Cras, educadores, alunos e a comunidade em geral.

A conferencia municipal tem como objetivo formular as políticas públicas no sentido de promover a garantia dos direitos humanos de crianças e adolescentes no contexto pandêmico e pós pandemia do covid 19.

“É um momento muito importante de juntos poder deliberar as melhores proposta que vem de encontro com as necessidades das políticas públicas voltada para a infância do nosso município, agradeço e parabenizo a participação da população que compareceram em bom número para prestigiarem o evento, e a presença do presidente da Associação dos conselheiros tutelar de MT o Senhor Nelson de Fria pela participação onde contribuiu muito em nosso evento disse Terezinha de oliveira.

“Foi um momento satisfatório e importante ter passado o dia todo juntamente com a comunidade e os parceiros no evento dessa grandeza, onde o objetivo do encontro é atender os anseios da população quanto ao futuro da cidade que são as crianças e os adolescentes”, disso o prefeito Chiquinho .

O chefe do poder executivo afirma que administrar uma cidade como de Araguainha que tem menos de mil habitantes aparentemente pode ser fácil, porém as dificuldades são muitas devido a falta de recursos próprio aja visto que os recursos são apenas do FPM.

“Temos que agradecer a dedicação dos deputados estaduais, deputados federais e do Governador Mauro Mendes que não tem medidos esforços em nos ajudar, lembrou que umas das dificuldades para o município é que estamos pagando contas de mais onze milhões que foi herdado dos gestores anteriores”, finalizou Chiquinho.

Da Redação: Matheus Augusto.

Matheus