Stopa admite vontade de ser candidato a prefeito e aposta em obras para viabilizar nome

O vice-prefeito de Cuiabá José Stopa (PV) admitiu vontade de disputar o comando do Palácio Alencastro e já vem dando sinais que está trabalhando para viabilizar seu nome para as eleições de 2024.

No comando da Secretaria de Obras Públicas,  ele revelou que pretende lançar mais de R$ 300 milhões em investimentos até abril do ano que vem, mês de aniversário da Capital.

Na verdade, a única coisa que me preocupa no próximo ano é trabalhar muito. A política é uma consequência do trabalho. Se eu estiver, obviamente, bem, terei o maior orgulho de ser candidato. Se não estiver bem, é vida que segue. Eu sou servidor público de carreira, sempre trabalhei muito e vou continuar trabalhando muito”, disse.

“Eu acho que todo mundo é credenciado a ser candidato a prefeito e eu espero estar [credenciado] no momento certo”, acrescentou.

Stopa já é dito como preferido do grupo político do prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) para sucedê-lo. No pleito deste ano, Emanuel chegou a lançar Stopa como candidato ao Governo Estado, porém, um problema de saúde na família o fez desistir.

Durante o processo eleitoral, o secretário chegou a fazer críticas a adesão do PV à Federação Brasil da Esperança com PT e PCdoBque tem validade de quatro anos e impacta, inclusive, nas eleições de 2024.

Ele declarou, entretanto, que pretende sair do partido, por enquanto.

“Por enquanto não, até porque esse final de ano e, principalmente o próximo ano, é um ano de muito trabalho por Cuiabá. Vamos administrar aproximadamente R$ 300 milhões de obras  e a gente vai procurar fazer isso com eficiência, cumprindo os prazos, correndo atrás, fazendo obras de qualidade”, disse.

“A eleição é em 2024.  Final do ano que vem a gente começa a discutir partido”, pontuou.

Fonte Reporte MT

Matheus