Emerson Royal, do Tottenham, sofre tentativa de assalto com troca de tiros em Americana

O lateral-direito Emerson Royal, do Tottenham, da Inglaterra, sofreu uma tentativa de assalto, com troca de tiros, na madrugada desta sexta-feira, em Americana, no interior de São Paulo.

Na saída da delegacia onde registrou o Boletim de Ocorrência, o jogador deu uma breve declaração:

– Foi um momento complicado, mas agora eu vou descansar e depois me posiciono.

Ao sair de uma festa na cidade, o jogador, com passagem recente pela seleção brasileira, foi abordado por um assaltante, que trocou tiros com um policial à paisana que estava na mesma casa noturna e é fã de Royal, de acordo com relatos das pessoas que estavam com o lateral.

– Estava comemorando e na saída aconteceu todo esse caso, que foi muito ruim. Uma cena de terror na verdade. Não desejo isso para ninguém – contou Emerson Aparecido Leite de Souza, pai de Royal.

– A gente não percebeu porque foi muito rápido. Provavelmente, uns 20 tiros – completou.

Emerson Royal conseguiu sair em tempo de não ser atingido, ainda de acordo com relatos de quem acompanhou a cena. Neste momento, o lateral do Tottenham e seu empresário, Emerson Zulu, estão em uma delegacia de Americana para registrar o Boletim de Ocorrência.

Segundo informações de Fabiano de Abreu, neurocientista que trabalha com o jogador, o policial à paisana que pediu uma foto com Royal o acompanhava até o carro quando o bandido o abordou.

Ao ver o policial à paisana, o assaltante teria iniciado a troca de tiros. O bandido foi atingido e está hospitalizado em Americana.

– Estava acompanhado da família dele. Estava em torno de umas cinco ou seis pessoas com ele. Cada um foi para um lado correndo, se esquivando, porque não sabia de onde estavam vindo os tiros – acrescentou o pai de Royal.

Matheus