Polícia identifica quarto bandido morto em confronto com o Bope

A Polícia Civil identificou o quarto criminoso morto durante confronto com o Batalhão de Operação Especiais (Bope) em Nova Bandeirantes ( a 1.200 km de Cuiabá) no último dia 10. Trata-se de Waldeir Porto Costa, de 25 anos. Além dele, outros três bandidos foram mortos na troca de tiros. O grupo é responsável por roubar duas agências bancárias no município no dia 4 de junho.

Conforme o delegado titular da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), Vitor Hugo Bruzulato Teixeira, o quarto criminoso identificado era natural do estado do Pará e estava morando em Alta Floresta ( a 789 km de Cuiabá) há alguns meses.

No município, Waldeir estava usando uma documentação falsa em nome de Rodrigo Mota. De acordo com a autoridade policial, os integrantes da quadrilha eram amigos.

“Nós apuramos que esses indivíduos tinham uma relação de amizade e vamos avançar para identificar qual a efetiva participação de cada um na empreitada criminosa”, afirmou o delegado.

Além dele, no confronto morreram Romário de Oliveira Batista, de 35 anos, Maciel Gomes de Oliveira, de 37 anos, e Luiz Miguel Melek, de 40 anos.

Confronto com o Bope

Segundo as informações da PM, uma equipe da Força Tática foi acionada depois que os agentes do Bope avistaram uma caminhonete tentando fugir de uma das barreiras policiais montadas no município na quinta-feira (10). Os criminosos abandonaram o veículo e fugiram para a região de mata.

LEIA MAIS: Quatro ladrões que roubaram agências bancárias em MT morrem em confronto com o Bope

Logo depois, os agentes do Bope entraram no matagal e conseguiram localizar quatro bandidos, que efetuaram vários tiros na direção dos agentes. Os policiais revidaram os disparos e atingiram os criminosos. A quadrilha foi socorrida até o hospital, no entanto, não resitiu.

Dinheiro recuperado

Os agentes conseguiram recuperar R$ 164,7 mil que havia sido roubado de duas agências bancárias na cidade de Nova Bandeirantes ( a 1.200 km de Cuiabá) no dia 4 de junho. O dinheiro foi encontrado na caminhonete usada pelos quatro criminosos.

Fonte: Hiper notícias

Matheus