Soldado da PM morre após ser agredido com socos e chutes em distribuidora

O soldado da Polícia Militar Roberto Rodrigues de Souza, idade não divulgada, morreu depois de ser agredido com socos e chutes durante uma discussão em uma distribuidora de Várzea Grande na madrugada desta segunda-feira (26). Os dois suspeitos de terem cometido o crime ainda não foram presos.

Conforme o boletim de ocorrência, o agente estava com alguns amigos em um carro quando disse que precisava parar em algum lugar para ir ao banheiro. Eles então pararam na distribuidora. Rodrigues foi ao banheiro e os colegas ficaram aguardando no veículo.

Segundo a PM, no local o policial teria se desentendido com dois homens que estavam na conveniência. Em certo momento da briga, os dois envolvidos desferiram diversos chutes e socos no agente que caiu no chão desacordado.

Enquanto estava caído, os dois agressores atingiram o soldado com socos e chutes na cabeça. Na sequência, a dupla que estava acompanhada de duas mulheres, fugiu do local em um Wolksvagem Gol e um Chevrolet Onix.

Rodrigues foi socorrido por testemunhas até o Pronto-Socorro de Várzea Grande onde chegou a receber atendimento. No entanto, devido aos ferimentos, ele não resistiu.

Os agentes do 4º Batalhão da PM foram acionados e continuam realizando rondas na região. As agressões foram registradas por uma câmera de segurança do estabelecimento e deve auxiliar na identificação dos suspeitos.

Veja vídeos:

 

Matheus