Seja bem vindo ao nosso portal de notícias.

22/02/2024 6:44 am

Abílio agradece aos 129 mil votos e diz que vitória de Emanuel foi com “dinheiro, uso da máquina e coerção”

Ao lado da esposa Samantha Brunini e o filho Sebastian Régis, o candidato Abílio Júnior (Podemos) que saiu neste domingo (29), derrotado neste segundo turno das eleições na capital, em uma disputa acirrada contra o prefeito emedebista Emanuel Pinheiro, reeleito prefeito da capital com 51,17% dos votos, agradeceu à sua equipe, aos apoiadores e aos mais de 129 mil votos que recebeu.

Na declaração feita pelas redes sociais, Abílio ressaltou que a vitória assegurada por Pinheiro e seus apoiadores, classificando-os como a turma do paletó,  não é a vitória que merece ser comemorada. Ao ressaltar que a vitória de seu adversário político foi assegurada com ‘muito dinheiro, uso da máquina pública e coerção’.

“Essa vitória que a turma do paletó conseguiu e, sobretudo, da forma que ele conseguiu, não é a vitória que a gente quis. A gente quis o certo pelo certo, não vale a pena conquistar a vitória do jeito que vocês conquistaram. A gente sabe que foi muito dinheiro, uso da máquina pública e coerção. A gente encaminhou à Justiça, mas justiça que vem tarde não é tão justiça assim”, alfinetou.

Fora da vida pública, já que seu mandato como vereador pela Capital se encerra em dezembro, Abílio afirmou que sua missão agora é cuidar do filho recém nascido e que deve voltar a trabalhar na iniciativa privada.

“Eu, a Samantha e o Sebastian temos uma nova missão agora que, infelizmente, não é cuidar de Cuiabá, é cuidar do Sebastian. Espero que os nossos gestores cuidem do HGU e o do Júlio Müller para gente cuidar dele. Estou feliz porque mais de 120 mil pessoas em Cuiabá apoiaram a gente”, declarou, ao lembrar que antes de ser eleito vereador, exercia a profissão de arquiteto e urbanista.

Abílio ainda disse estar grato aos policiais militares, à equipe de segurança e de marketing. O candidato agradeceu ao seu vice, Felipe Wellaton(Cidadania) e aos seus principais apoiadores, como Gisela Simona (Pros), Marcelo Bussiki (DEM), Roberto França(Patriota), ao governador Mauro Mendes (DEM) e à primeira-dama, Virgindia Mendes, pedindo aos novos vereadores que fiscalizem a gestão de Pinheiro, pois ele estará na Câmara até dezembro de 2020, depois a bola estará com os novos parlamentares.

“Estou feliz com cada um dos policiais militares, cada um da nossa equipe, da nossa segurança, cada um que esteve com a gente, que nos ajudou com marketing e que decidiu ajudar de alguma forma. Eu gostaria de agradecer o Wellaton, a Gisela Simona… Mas olha, o prefeito atual foi reeleito, diago aos vereadores, fiscalizem e a população que fique de olho”, finalizou.

Confira o vídeo na íntegra

 

 

Veja também

CUIABÁ| SAÚDE

Prefeitura toma medidas para testagem e tratamento de casos de covid-19 em Cuiabá

CUIABÁ

Prefeitura de Cuiabá informa sobre o que abre e fecha nesse carnaval

CUIABÁ| ESPORTES

Estádio Dutrinha retoma atividades nesta terça-feira (30) após ações de manutenção

POLÍTICA MT

Jayme debate investimentos em Várzea Grande e garante apoio à reeleição de Kalil

POLÍTICA MT

“Se o Botelho não for candidato do União Brasil, ele é o candidato do Progressistas”, afirma Paulo Araújo

POLÍTICA MT

Juiz assume prefeitura durante férias de prefeito e licença de vereador