Governo inicia pesquisa domiciliar sobre hábitos de trânsito em Cuiabá e Várzea Grande

O Governo de Mato Grosso começa a realizar, nesta semana, uma pesquisa domiciliar para conhecer os dados da mobilidade urbana da Região Metropolitana e construir do Plano de Mobilidade da Região Metropolitana do Vale do Rio Cuiabá (PlanMob VRC).

As entrevistas serão realizadas em 760 domicílios de Cuiabá e Várzea Grande, com o objetivo de verificar os hábitos de deslocamento da população, como os meios de locomoção, as origens e destinos, horários e duração.

O secretário adjunto de Gestão e Planejamento Metropolitano da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra-MT), Rafael Detoni, explica que a última pesquisa de Origem e Destino na região de Cuiabá foi feita em 2005, sendo que o ideal para o Planejamento urbano é que ela seja refeita a cada 10 anos.

“A realização deste questionário é fundamental para entender a rotina das pessoas, as dificuldades enfrentadas e promover mudanças para que o ir e vir se torne mais rápido. É importante que a população receba bem os pesquisadores e colaborem com a melhoria do trânsito da região do Vale do Rio Cuiabá”, afirmou Detoni.

Os pesquisadores estarão devidamente identificados com coletes amarelos da empresa Circulandis, contratada para aplicar o questionário. Eles usarão crachá com nome, foto e matrícula, além de um QR Code, que poderá ser usado para confirmar sua identificação, por meio do site do PlanMob VRC.

“Cada entrevistador estará também com uma carta de apresentação e um certificado, assinado pelo Governo do Estado, explicando o que é a pesquisa”, completa Rafael Detoni.

A expectativa é que o questionário seja realizado em até 30 minutos com cada pessoa, durante todo o mês de novembro. Também serão utilizados dados de telefonia móvel para conhecer os hábitos da população.

PlanMob VRC

O PlanMob é um instrumento de planejamento da logística da região metropolitana, com foco no desenvolvimento e integração dos municípios, inclusive com medidas de preservação do meio ambiente, diminuição das desigualdades e inclusão das pessoas com deficiência.

Entre os temas tratados, estão a governança metropolitana da mobilidade, o sistema viário de integração regional, os serviços de transporte coletivo intermunicipal, a sustentabilidade das cidades, a preservação da vida no trânsito, o desenvolvimento econômico e turístico e a logística regional.

Região Metropolitana do Vale do Rio Cuiabá

A Região Metropolitana do VRC foi criada em 2009, como forma de coordenar ações entre as cidades e seus interesses em comum, tais como mobilidade, saneamento básico e uso do solo. Fazem parte da Região: Cuiabá, Várzea Grande, Santo Antônio do Leverger, Nossa Senhora do Livramento, Acorizal e Chapada dos Guimarães.

Fonte: Secom-MT

Matheus