Vereadores se articulam para eleição da Mesa Diretora

A corrida para a eleição da nova Mesa Diretora da Câmara de Cuiabá, que ocorrerá em agosto, já está a pleno vapor e é liderada por vereadores que não pretendem encarar as urnas em outubro.

Parlamentares de oposição e os que se intitulam como independentes buscam união, a fim de garantir a direção do Legislativo cuiabano pelos próximos dois anos. Nos bastidores, a informaçaõ é que este grupo trabalha com três nomes: Kássio Coelho (Patriota), Dídimo Vovô (PSB) e Rodrigo de Arruda e Sá (Cidadania).

Do outro lado, a base governista de Emanuel Pinheiro (MDB) também tem se organizado em busca de opções para a disputa, tendo em vista que o atual presidente do Parlamento, Juca do Guaraná (MDB), não tentará a reeleição, pois pretende concorrer para deputado estadual.

Neste cenário, surge o vereador Adevair Cabral (PTB). Ele, inclusive, já contaria com o apoio do chefe do Executivo Municipal.

Outro cotado para representar a base governista na disputa é o vereador Renivaldo Nascimento (PSDB), que atualmente responde pela Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano da Capital. O tucano, contudo, preferiu não encarar o pleito e continuará integrando o primeiro escalão municipal.

Matheus